Italianos encabeçam o elenco

Aida, de Verdi, terá cinco récitas a partir de amanhã e até 1º de maio no Municipal do Rio

O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2013 | 02h13

Aida, de Verdi, terá cinco récitas a partir de amanhã e até 1º de maio no Municipal do Rio. No papel-título, vão se dividir duas sopranos. A primeira delas é a italiana Fiorenza Cedolins. Vencedora, em 1996, do concurso de canto promovido pelo tenor Luciano Pavarotti, já se apresentou em alguns dos principais palcos de ópera da Europa e dos Estados Unidos - em maio, ela passa por São Paulo, onde vai cantar as Quatro Últimas Canções, de Strauss, no Teatro Municipal. No dia 1º, o papel-título ficará com a brasileira Eliseth Gomes. O tenor italiano Rubens Pelizzari será Radamés e a meio-soprano russa Anna Smirnova, Amneris. O restante do elenco é composto por vozes brasileiras: o baixo-barítono Lício Bruno (Amonasro) e os baixos Sávio Sperandio (Ramfis) e Carlos Eduardo Marcos (Faraó). Hélio Eichbauer assina os cenários e Iacov Hillel, a direção cênica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.