Ismael Ivo se apresenta na Bienal de Veneza

O bailarino brasileiro Ismael Ivo apresenta nesta terça-feira na Bienal de Veneza uma coreografia inédita sobre o fotógrafo americano Robert Mapplethorpe, que se envolveu em várias polêmicas e escândalos por causa do conteúdo de algumas de suas fotos, consideradas obscenas. A apresentação de Ismael Ivo faz parte de um programa que, até 25 de junho, reunirá 25 grandes nomes da dança mundial.Ismael Ivo conheceu pessoalmente Mapplethorpe há mais de 20 anos, quando chegou a Nova York, recém-saído do Brasil. O encontro foi mediado por uma amiga de Ivo, a jornalista austríaca Gudrun Stockinger. Mapplethorpe, conhecido por suas fotos de flores e de nus masculinos, sobretudo negros, convidou Ivo para posar para ele, dizendo que ele não precisava ficar nu, apenas tirar a camisa. O bailarino se recorda da cooperação entre os dois como "um dos diálogos mais profundos e conscientes sobre o movimento que experimentei em toda a minha vida". A coreografia Mapplethorpe tem música de Steve Reich, com a inclusão da ária E lucean le stelle... de Giacomo Puccini, e está dividida em três movimentos. Ismael Ivo interpreta o fotógrafo e encerra a apresentação com um solo numa plataforma em frente a um grande espelho, símbolo do último diálogo solitário com a morte de Mapplethorpe, que morreu de aids em 1989.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.