Isabel Allende condena tanto Cuba quanto os EUA

A escritora chilena Isabel Allende fez críticas hoje a Cuba e a aos Estados Unidos por violações dos direitos humanos. Em entrevista a uma rádio de Santiago do Chile, a autora de A Casa dos Espíritos disse que "os direitos humanos devem ser defendidos em todos os lugares"."Assim como não aceito que os Estados Unidos violem os direitos humanos no Iraque, tão pouco aceito o que está acontecendo em Cuba", disse, ao ser questionada sobre o recente recrudescimento da repressão política que resultou no fuzilamento de três dissidentes cubanos.Isabel acusou ainda a imprensa americana de omitir-se em relação às vítimas iraquianas. "A guerra foi vista como um videogame. Não se viram as atrocidades cometidas contra os iraquianos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.