"Isabel" abre curta temporada em BH

Estréia hoje em Belo Horizonte a peça Isabel, protagonizada por Maitê Proença e dirigida por Domingos de Oliveira. O espetáculo, que esteve em cartaz no Rio de Janeiro, terá curtíssima temporada no Palácio das Artes, ficando em cartaz somente até sábado.A peça focaliza o último dia da Princesa Isabel no Brasil. Através dos delírios e confissões da personagem, Isabel faz uma radiografia debochada da versão histórica oficial. A história se passa na madrugada de 16 de novembro de 1889, quando uma Princesa Isabel ensandecida, desbocada e cáustica não se conforma em ter apenas 24 horas para deixar o amado Brasil rumo a Portugal, com a Proclamação da República.O texto é de Aderbal Freire-Filho. A idéia surgiu quando ele lia o livro Atores e Atrizes, do português Eduardo Victorino, que traz pequenos perfis de personalidades da primeira metade do século 20. Um dos perfis era de Getúlio Vargas que, segundo o livro, teria escrito uma peça teatral sobre a fatídica noite da princesa. O autor decidiu então criar o tal texto que ninguém sabe se existiu. Além de Maitê, a peça tem também no elenco Clarice Niskier e o próprio Freire-Filho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.