Investigação sobre jornal Sun vê 'criminalidade sustentada'

A investigação sobre os pagamentos feitos pelo jornal Sun, de Rupert Murdoch, à polícia e a outras autoridades verifica a ocorrência de "criminalidade sustentada ao longo de um período" envolvendo dezenas de milhares de libras, disse à Reuters uma fonte que acompanha a investigação.

REUTERS

15 de fevereiro de 2012 | 15h54

A polícia prendeu nove integrantes da equipe do Sun nas últimas semanas em uma investigação que verifica os pagamentos à polícia e a autoridades públicas.

A medida, entretanto, resultou em uma represália da equipe, que acusou a polícia e a diretoria do News Corp, de Murdoch, de conduzir uma caça às bruxas aos jornalistas e suas fontes.

"Não se trata de fontes nem de gastos; esta é uma investigação sobre uma suspeita de criminalidade grave ao longo de um período sustentado", afirmou a fonte, falando sob a condição de anonimato.

"Isso envolve pagamentos regulares de dinheiro totalizando dezenas de milhares de libras por ano durante vários anos a autoridades públicas, alguns dos quais eram efetivamente para fornecer informações. Ela envolve na totalidade uma soma de seis dígitos."

Tudo o que sabemos sobre:
MIDIAGRABRETANHASUN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.