Intelectuais discutem "nascimentos" de SP

Com a participação de intelectuais de diferentes áreas, como Aziz Ab?Saber, Lilia Schwarcz, Maria Aparecida Lomonaco, Luis Augusto Kehl, Nicolau Sevcenko e Hernâni Donato, será realizado nesta segunda-feira o seminário Os Nascimentos de São Paulo. Será no Theatro São Pedro (Rua Barra Funda, 171)O simpósio terá a coordenação do escritor e jornalista Eduardo Bueno, e tem patrocínio da Nossa Caixa, e a discussão visa a apresentar uma visão abrangente e multidisciplinar dos eventos relacionados à fundação da maior metrópole da América Latina.Segundo o coordenador, as questões a serem examinadas vão ?do solo onde a metrópole nasceu aos mitos historiográficos forjados para explicá-la; do xamanismo indígena ao misticismo católico; do papel desempenhado por bandeirantes, jesuítas e indígenas às visões propostas pelos historiadores do século 19, o seminário Os Nascimentos de São Paulo pretende envolver-se na teia de complexidades daquela que já foi chamada de ?capital geográfica do Brasil?, de ?Paulicéia Desvairada?, de ?cidade que não pode parar?.A Nossa Caixa insere o seminário dentro de uma série de eventos do Projeto 450 Anos. Os debates serão reunidos e publicados em livro com lançamento previsto para 9 de julho de 2004. O local onde serão realizados tem capacidade para 650 lugares e a entrada é gratuita.A segunda realização do Projeto 450 Anos será a inauguração, em janeiro, do Espaço Nossa Caixa no edifício Matriz do banco, que terá uma área de mostras temporárias, um Centro de Memória e um auditório.Outras atividades previstas são o evento As 24 horas dos 450 anos, no qual 45 fotógrafos registrarão a vida em São Paulo durante as 24 horas do dia 25 de janeiro de 2004 e o projeto História nas ruas, que instalará 45 placas em locais significativos da história de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.