Instrumental Sesc Brasil anuncia shows de março

O Instrumental Sesc Brasil, programa dedicado à música instrumental brasileira do Sesc, anunciou hoje a série de shows programa para o mês de março. De acordo com o texto de divulgação, as cidades do Rio de Janeiro, Pernambuco e São Paulo estarão representadas na música instrumental deste mês, com shows de Hamilton de Holanda Quinteto, A Banda de Joseph Tourton e Sujeito a Guincho. Os shows começam a partir do dia 14, sempre às segundas, às 19h, com entrada franca (é necessário retirar ingressos com uma hora de antecedência).

AE, Agência Estado

10 de março de 2011 | 11h23

Na segunda-feira, dia 14, às 19h, sobe ao palco o Hamilton de Holanda Quinteto (RJ). "Virtuoso, brilhante e único são alguns dos adjetivos na vida deste músico, que contagia plateias em turnês por todo o mundo, construindo uma carreira de inúmeros prêmios. Um dos bandolinistas mais emblemáticos da música brasileira, Hamilton de Holanda está completando 30 anos de carreira. Sua maneira de tocar, o aumento do número de cordas (para 10, no total) e decibéis, aliados à velocidade de solos e improvisos, inspira uma nova geração e um novo som. Se é jazz, samba, rock, pop ou choro, não importa. Sua versatilidade lhe permite se apresentar com propriedade em qualquer formação: solo, com orquestra, duo, power trio, quinteto entre outras.... Atualmente faz shows com seu premiado grupo, Hamilton de Holanda Quinteto, formado por Hamilton de Holanda (Bandolim 10 cordas) Daniel Santiago (violão), André Vasconcellos (baixo) Gabriel Grossi (harmônica) e Márcio Bahia (bateria). No repertório deste show: Saudades do Rio, Movimento I, Movimento II, Movimento III, Movimento IV, Movimento V.", informa o Instrumental Sesc Brasil.

Na segunda-feira do dia 21, também às 19h, apresenta-se A Banda de Joseph Tourton (PE). "Reconhecidos como uma das revelações do novo cenário recifense, A Banda de Joseph Tourton se formou no final de 2007, lançou no ano passado um EP homônimo com três músicas e já está preparando um novo trabalho. Mesmo com pouco tempo de vida, A Banda de Joseph Tourton já participou de vários eventos pela cidade a exemplo do festival Rec Beat, nas edições recifense e paulista, Conexão Vivo - Circuito OFF Feira, No Ar Coquetel Molotov, Festival Música Recife e do projeto Fonograma, da Faculdade Barros Melo - AESO, além de terem sido finalistas do concurso de bandas Microfonia 2008."

De acordo com a assessoria de imprensa do Instrumental Sesc Brasil, os integrantes da banda utilizam o improviso e a vontade de criar experimentações em cima de cada um dos instrumentos que tocam: guitarra, baixo, escaleta, flauta transversal e bateria. "As influências de A Banda de Joseph Tourton são as mais variadas: Dub Incorporation, Chico Science & Nação Zumbi, Radiohead, 5daysofstatic, Asian Dub Foundation, RJD2, Portishead e Hurtmold, entre tantas coisas. Atualmente, o grupo se prepara para gravar seu primeiro disco oficial com produção de Felipe S. e Marcelo, ambos do Mombojó. Com Gabriel Izidoro (guitarra e flauta), Diogo Guedes (guitarra e efeitos), Rafael Gadelha (baixo) e Pedro Bandeira (bateria). No repertório: 16 Minutos, Lembra O Quê?, Aquaplanagem, 100 M, O Triunfo de Salomão, A Festa de Isaac, Provolone, #3, Volta-Seca, After Work Ganja."

E, no dia 28/3, será a vez da banda Sujeito a Guincho (SP). "Formado em 1991 por alguns dos principais clarinetistas de São Paulo, o grupo leva ao conhecimento do público a riqueza de timbre, expressividade e versatilidade da clarineta através de obras originais ou adaptadas. Seus integrantes possuem larga experiência como solistas e cameristas atuando tanto no gênero erudito como no popular. Com Luís Eugênio Afonso, Diogo Maia, Luca Raele, Nivaldo Orsi, Sérgio Burgani.

No repertório: O ovo (Hermeto Pascoal) arr. Sérgio Burgani, Ouro sobre Azul (E. Nazareth) arranjo (arr.) Luca Raele, Hino Nacional Brasileiro (F.M. da Silva/O.D.Estrada) arr. Luca Raele, Intermezzo op118 n.2 (J. Brahms) arr. Luca Raele, A vida das Moscas (André Mehmari), Cabo Pitanga (Laércio de Freitas) arr. Diogo Maia, Quinteto para 2 cl e meia (Luca Raele), Chiclete com Banana (Gordurinha) arr. Maurício Carrilho, The Microwave Popcorn (Sahujiro Yoki, Choro Negro (Paulinho da Viola) arr. Nelson Ayres, Choro a 5 para 10 palhetas (Luca Raele), Bowerbirds do Dudu (Luca Raele), Vila Ipojuca (Léa Freire ), Tomoyo (Luca Raele), Dobrado (André Mehmari), Lullaby (André Mehmari), Clarinet Machine (Luca Raele), Bis aBis (Léa Freire) arr. Luca Raele.

Instrumental SESC Brasil

Segundas, às 19h.

Teatro Anchieta do SESC Consolação

Rua Doutor Vila Nova, 245

Fone: 3234-3000

Livre. Grátis. Retirada de ingressos com uma hora de antecedência na bilheteria.

Os shows são gravados pelo SESCTV e exibidos em programas inéditos às segundas, às 22h, com reprises durante a semana (consulte a grade de programação no site www.sesctv.org.br.

Site: http://instrumentalsescbrasil.org.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.