Instalação reproduz encantos e mistérios da floresta

É possível imaginar uma floresta dentro de São Paulo? Imagine a sensação de percorrer 200 metros quadrados de mata, sentir o clima úmido, ouvir sons poucos comuns ao cotidiano de uma grande cidade e ainda observar abeleza da luz entre as flores. Uma viagem que aguça os sentidos,desperta o prazer pelo contato com a natureza e pode ser vista apartir de terça-feira até o dia 19 de maio, no Sesc Pompéia,na zona oeste de SP.Cochicho da Mata é uma instalação assinada por TucaGuidon, que pretende apresentar a mata nativa brasileira àscrianças. "As pessoas desconhecem a biodiversidade do Brasil,quase não têm acesso às plantas nativas. O projeto deveaproximar a moçada da ecologia", afirma Tuca.A síntese de diferentes ecossistemas do País estárepresentada de maneira cênica, com a presença de árvoresfalantes e por mais de mil mudas de plantas vindas de viveiros,para aproximar, de fato, crianças e mata. "O cenário foiproduzido pelo carnavalesco Marco Aurélio, da Escola de SambaUnidos do Tucuruvi, que deu um ar tropicalista às obras,respeitando o formato das folhas, flores e sementes", diz. Todoo trabalho foi orientado por engenheiros florestais, biólogos epesquisadores da Fundação Floresta Tropical.A instalação possui caráter didático. Dois grupos, cadaum com 15 pessoas, munidos com capas camufladas e fones deouvido, entram na instalação e sentem imediatamente umaalteração climática de 5º C e a umidade do ambiente. Aocaminharem pela floresta, deparam-se com árvores que contam oseu ciclo de vida e a importância que isso tem para o homem.No chão, uma vitrine com sementes. Mais uns passos e umaprojeção de cachoeira. Pássaros cantores ensinam a importânciade semear, um macaco rapper e árvores também cantam, para dizerpor que são as estrelas da mata. Um jacarandá transmite aosvisitantes conceitos de desenvolvimento sustentável. "Apreservação é importante, mas não temos como ficar apenascontemplando os recursos naturais, podemos interargir sem feriro meio ambiente." Para ilustrar essa idéia, os homensribeirinhos servem como exemplo de convivência pacífica. "Essaharmonia deve ser aprendida pelo homem urbano."Cochicho da Mata tem um trajeto de aproximadamente18 minutos de duração e pode ser visto por pessoas de todas asidades. Foi realizado com o apoio da Caterpillar Brasil, queinvestiu US$ 300 mil no projeto.Cochicho da Mata - Floresta Tropical. De terça asábado, das 9 às 21 horas; domingo e feriado, das 9 às 20 horas.Sesc Pompéia. Rua Clélia, 93, São Paulo,tel. 3871-7700. Até19/5. Abertura 29/4, às 11 horas, para convidados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.