'Insensato Coração' estreia em ritmo acelerado na Globo

Depois de um final eletrizante como o de "Passione" e com o roteiro farto de temas clichês - briga entre irmãos, mulheres interesseiras, amores impossíveis - parecia difícil "Insensato Coração" fazer uma grande estreia. Mas o diretor Dennis Carvalho apostou na agilidade. Ele poupou em apresentar todo o elenco - como costuma ser feito nos capítulos iniciais - e, para o último bloco, providenciou uma sequência com brigas, três assassinatos, o surgimento de uma grande paixão e um quase acidente de avião. O ritmo foi intenso.

AE, Agência Estado

19 de janeiro de 2011 | 10h02

Tuca Andrada, que estava na Record, fez jus ao seu retorno à Globo. Como Jonas, um ex-presidiário, embarcou num avião com um canivete embutido no sapato, matou dois pilotos e ameaçou a milionária Vitória (Nathalia Timberg), por meio do rádio da aeronave que levava suas duas netas. No Twitter, a trama ficou no Trend Topics. Para selar o desfecho da estreia, que marcou 37 pontos no Ibope - o mesmo que o primeiro capítulo de "Passione" -, Dennis valorizou o que os novelistas Gilberto Braga e Ricardo Linhares mais gostam: o romance. E com um beijo, Pedro (Eriberto Leão) e Marina (Paola Oliveira) fecharam o primeiro capítulo.

Além do casal central, Dennis explorou a vida da família Brandão, de Raul (Antonio Fagundes) e Wanda (Natalia do Vale). A atriz aliás, parece que saltou de "Viver a Vida" (2009), onde interpretou uma mãe de gêmeos chata e manipuladora, direto para "Insensato", num papel bem parecido. Mas dessa vez, ela tem um filho malvado: Léo (Gabriel Braga Nunes), seu primogênito, é um mau caráter. Apenas no primeiro capítulo, mentiu para a mãe, fechou um negócio com um bicheiro e tentou fazer com que o irmão Pedro (Eriberto Leão) perdesse um teste de emprego.

Outra que parece estar repetindo personagem é Deborah Secco, que interpreta uma mulher gostosa e interesseira - exatamente como ela fez em "Celebridade" (2003), como Darlene. Porém, um dos momentos mais divertidos na trama ficou para o designer André, personagem vivido por Lázaro Ramos. O ator construiu um garanhão de primeira linha e, em sua primeira aparição, já se atracou com a mulher de um cliente do escritório no qual trabalha, no elevador da empresa. Além disso, já despertou o interesse de Natalie Lamour (Deborah Secco) e deu uns beijos em Carol (Camila Pitanga). As informações são do Jornal da Tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
televisãoGloboInsensato Coração

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.