Ingrid e Heloísa apostam na volta do riso aos domingos

Que brasileiro tem rebolado todo mundo sabe. E isso será escancarado na tela da Globo com a estréia de Sob Nova Direção, série de Heloísa Périssé e Ingrid Guimarães, que recheará os domingos da emissora. A atração mostra Pit e Belinha, duas amigas que tentam sobreviver na selva carioca usando a criatividade, passando alguns ?perrengues?, mas sempre com bom humor. O tal ?jeitinho brasileiro? é o foco do programa, que estréia hoje, depois do Fantástico. Na verdade, o piloto da série já foi ao ar, durante os especiais de fim de ano da Globo. As protagonistas são Pit (Ingrid Guimarães) e Belinha (Heloísa Périssé), duas colegas de escola com estilos de vida bem diferentes. Belinha é rica e recém-divorciada. Após 10 anos de casamento ela se separa e herda um bar decadente no subúrbio do Rio de Janeiro. Pit é ?dura? ? como define Ingrid Guimarães ? e vive de bicos. ?Ela faz de tudo, de teatro infantil a bolo?, fala Ingrid. As duas se unem para tocar o bar e Belinha tem de se adaptar à nova vida, sem grandes luxos. AmizadeAlém de contar a batalha para erguer o bar falido, Sob Nova Direção também mostra a amizade entre as duas colegas. ?Amizade é uma coisa da qual ainda não se falou com sinceridade na TV?, diz Ingrid. E o relacionamento entre duas mulheres tão contraditórias ? uma descontraída e uma ?caretinha? ? renderá muitas piadas. Como em toda relação de amizade, uma começará a incorporar características da outra. ?A Pit é forte e não tem medo de nada. E a Belinha vai aprender isso?, comenta Ingrid. ?Já Belinha vai passar o senso de liderança e de organização para a Pit.? E uma ensinará a outra a namorar, uma vez que Pit é uma ?galinha? ? na definição de sua intérprete ? e Belinha passou 10 anos casada. Para ajudar a ressuscitar o bar, as duas amigas contam com Franco e Moreno, personagens interpretados por Luís Carlos Tourinho e Luís Miranda, respectivamente. Franco é um faz-tudo e Moreno encara o trabalho na cozinha. ?O Franco é burro e fala sempre a verdade. É franco mesmo?, fala Ingrid. ?Moreno muda o humor das pessoas com sua comida.? Otávio Müller ? que pediu para o autor Gilberto Braga assassinar seu personagem, o Queiroz, em Celebridade para entrar em Sob Nova Direção ? é o cabeludo e boa-vida Horácio, personagem que migrou de Carol & Bernardo para o programa. Agendas eram incompatíveisSegundo a Central Globo de Comunicação, Carol & Bernardo não emplacou na grade de programação da emissora após seu piloto ? exibido no fim de ano ?, porque as agendas dos protagonistas Andréa Beltrão e Eduardo Moscovis são incompatíveis. A direção da série de Heloísa Périssé e Ingrid Guimarães é de Roberto Farias e de seu filho, Mauro. Sob Nova Direção terá participações especiais, como no episódio Axé do dengo elétrico, com redação final de Paulo Cursino e Cláudio Torres Gonzaga. O nome do capítulo remete a um drink, cuja receita é um segredo da família de Moreno. Os atores convidados são Ricardo Kosovski e Mônica Martelli, que interpretam Carlos, o ex-marido de Belinha, e Jessica, sua nova mulher. Quase inseparáveisIngrid Guimarães e Heloísa Périssé têm muitos projetos juntas. Teatro, rádio, TV... Mas Ingrid garante que elas não são inseparáveis. ?Temos projetos separadas também?, brinca. ?Mas somos uma dupla que deu certo.? As amigas se conhecem há 12 anos, fizeram a única Oficina de Humor da Globo juntas, trabalharam com Chico Anysio na mesma época. A idéia central de Sob Nova Direção nasceu há dois anos, quando as colegas viajaram a Paris com um grupo de amigos. ?Vimos uma briga em um bar e achamos super engraçado. Estamos com esse projeto debaixo do braço há dois anos?, fala Ingrid. O peso de ser humorista já rendeu casos curiosos à dupla. ?As pessoas vêem a gente na rua e já começam a rir?, conta. ?Um dia eu estava chorando na rua ? por causa de uns problemas pessoais ? e uma pessoa falou para mim: ?Ué, você chora?? Todo mundo acha que eu sou sempre feliz, mas não é bem assim.? Ingrid afirma que tanto ela como Heloísa são muito sérias, fora da tela com questões de trabalho. Mesmo com tantos personagens diferentes ? nos palcos, na telinha e no rádio ?, Ingrid não vê risco de o público (ou ela mesma) ficar confuso. ?Já tenho a energia de cada um dos meus personagens?, diz. Agora, o telespectador poderá ver que a Ingrid/Pit não é a Modelo e a Heloísa/Belinha não é a Tati...

Agencia Estado,

18 de abril de 2004 | 14h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.