Independência paradoxal

O Sol ingressa no signo de Gêmeos, Júpiter e Saturno em oposição; [br]a Lua cresce em Virgem.

Quiroga, astro@o-quiroga.com, O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2010 | 00h00

Acostumados como estivemos desde sempre a pensar que somos o centro do Universo, a suprema existência deste planeta e talvez do infinito inteiro, causa enorme desassossego a iminência de esta ilusão quebrar-se definitivamente. Porém, para as almas temperadas nas adversidades que não cessaram a busca da realidade superior, essa iminência é motivo de alegria e alívio. O trabalho que há pela frente será árduo e a tentação de desviar-se para voltar ao passado tomará a aparência de novas guerras, de desastres financeiros globais e de toda sorte de medos que possam ser infundidos para evitar que nos tornemos verdadeiramente independentes. Nossa independência, paradoxalmente, será reconhecida através da interdependência de tudo com tudo.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Tomar atitudes concretas tornou-se inevitável, assim mesmo, fazê-lo de forma rápida e eficiente. O panorama está de acordo com a sua natureza, por isso não há razão verdadeira para você se preocupar. Tudo em cima.

TOURO 21-4 a 20-5

Tudo deve mudar, mesmo as coisas que parecem tão boas que seria desejável permanecessem iguais por toda a eternidade. Aqui na Terra a única eternidade possível é a da transformação constante. Nada permanece igual.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

De tanto desejar certos acontecimentos, agora eles vêm todos juntos na forma de oportunidades de satisfação. Provavelmente, alguns desejos perderam a validade, mas você deverá administrá-los mesmo assim.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Tudo vai adquirir uma velocidade fora do normal, precipitando o momento de tomar decisões que, talvez, você teria gostado que amadurecessem mais. Porém, a maturidade terá de ser processada na experiência mesmo.

LEÃO 22-7 a 22-8

A melhor forma, talvez a única, de conhecer a realidade é aceitar a dose de ignorância em relação a essa. Assim, ciente de suas limitações, com a alma investida de inocência, você conhecerá melhor o mundo e as pessoas.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Tudo que você pensar de forma habitual elabora uma espécie de crosta subjetiva que é percebida sutilmente pelas pessoas. Por isso, ainda que se pratique a mentira, a verdade de seus pensamentos sempre será evidente.

LIBRA 23-9 a 22-10

Talvez você comece a surpreender-se com o estilo que sua alma começa a adotar e que chegou para ficar. Esse estilo é mais seguro e firme do que outrora e permitirá um avanço significativo e conquistas interessantes.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Pensar melhor sobre tudo, eis a questão. Naturalmente, sua alma se acomodaria e não faria essa reflexão, por isso a necessidade de acontecerem circunstâncias imprevistas e díspares entre si, para dar o que pensar.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Sua alma está no centro do labirinto que criou com o desenho dos passos que deu até agora. Neste momento, não há uma margem de manobra folgada que dê segurança e tranquilidade, apenas a estritamente necessária.

CAPRICÓRNIO 21-12 a 20-1

Dizem que a pressa é inimiga da perfeição, mas há momentos da vida

em que as exceções se tornam habituais, tanto que parecem subverter os provérbios e ditados. Agora será necessário ter pressa.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Decisões firmes e estáveis não podem ser tomadas enquanto as circunstâncias mudarem constantemente, limitando a capacidade de enxergar a verdadeira tendência que as domina. Por enquanto, melhor observe com distância.

PEIXES 20-2 a 20-3

Agora não é uma questão de optar, mas de seguir o curso de tudo que for considerado ineludível. É agora o tempo mais propício de todos para você enfrentar esses assuntos e transformá-los em forças aliadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.