Imprensa lusitana critica "O Quinto dos Infernos"

"O Quinto dos Infernos", nova minissérie da Globo, parece não estar agradando Portugal. Uma prova disso são algumas publicações de jornais portugueses sobre a obra de Carlos Lombardi, que retrata de forma escrachada os bastidores da proclamação da Independência do Brasil. Um dos maiores jornais lusitanos, o "Correio da Manhã", em reportagem publicada recentemente, critica a trama de Lombardi, ressaltando que autor trata de forma caricata um dos momentos mais importantes da História do Brasil e que o assunto, com certeza, ganharia a atenção de milhões de pessoas se fosse abordado de outra forma. A reportagem ainda se refere ao "Quinto" como uma "visão pessoal e distorcida da história" e às tramas de Lombardi como "obras com deboche generalizado, muito sexo e ridicularização de personagens". Em outro jornal português, o "Diário de Notícias", uma reportagem revela que o meio cultural brasileiro anda assustado com a minissérie e alfineta a Globo, dizendo que espera que a emissora não tenha economizado em pesquisa histórica como economizou cancelando as gravações da minissérie em Portugal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.