Imprensa francesa critica novo filme de Scott

O novo filme do diretor Ridley Scott foi atacado pela imprensa francesa. Estrelado por Russell Crowe, Um Bom Ano é a história romântica de um banqueiro londrino. Na película, os críticos franceses não aprovaram o retrato estereotipado do país. A Good Year é baseado no best-seller Um Ano na Provence, do escritor britânico Peter Mayle. Mayle em sua obra mostra o universo de renovação de uma antiga casa de fazenda à um vilarejo de Luberon, onde desfilam personagens como trabalhadores, vizinhos e burocratas franceses. Com o filme, Scott dá uma guinada rumo ao um novo gênero no cinema, diferente do de ação Gladiador. Para o Libération, de visão esquerdista, Scott utiliza todos os clichês sobre os sonhos da classe média britânica. Por isso é considerado pelo jornal como Terrível do começo ao fim. A Good Year desmorona sob o peso de clichês de uma Luberon feita para uma "exclusiva elite anglo-saxã", disse o crítico de cinema do jornal na edição de quarta-feira. "Todo mundo sabe que os franceses são sujos e rabugentos, que usam espartilho e que dirigem carros Renault", ironizou o Le Parisien. "Felizmente, eles também sabem como gozar a vida e conhecem os bons vinhos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.