Imprensa chinesa ataca ganhador do Nobel

Rompendo o silêncio oficial na imprensa chinesa sobre o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura Gao Xingjian, um jornal estatal o classificou, neste domingo, como "um péssimo escritor", cuja premiação foi "absurda". O ataque do diário Yangcheng Evening News marcou uma rara discussão sobre Gao na imprensa local. O governo comunista chinês, que considera Gao um exilado dissidente e proíbe a publicação de seu trabalho no país, ignorou sua premiação com o Nobel da Literatura em outubro. Na época, nenhuma menção foi feita em toda a mídia estatal do país.

Agencia Estado,

11 de fevereiro de 2001 | 16h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.