Impacto da greve dos roteiristas de Hollywood se expande

A greve dos roteiristas deHollywood obrigou os estúdios de TV a suspenderem a produção depelo menos sete sitcoms do horário nobre na quarta-feira,mostrando que os efeitos da greve, iniciada há três dias, estãose fazendo sentir mais rapidamente do que o setor previra. Não houve sinais de retomada das negociações entre osestúdios e os sindicalistas, suscitando temores de que aprimeira grande greve em Hollywood nos últimos 20 anos possaser prolongada. A produção parou em seriados como "Twho and a Half Men", daCBS, e a popular sátira da NBC "The Office", e centenas demembros do elenco e equipe técnica desses seriados começaram areceber avisos de demissão. Greg Daniels, roteirista e produtor de "The Office", disseque a NBC ainda tem dois episódios originais do seriado paraexibir, "e depois está acabado". Outras sitcoms atingidas incluem "Til Death", da Fox, e"The New Adventures of Old Christine", "Rules of Engagement" e"The Big Bang Theory", da CBS. Algumas já têm episódios novos prontos em número suficientepara durar mais algumas semanas sem apelar para reprises, fatoque faz a maioria dos telespectadores até agora não terconsciência da greve. Mas os cinegrafistas, cabeleireiros, assistentes deprodução, eletricistas e outros membros das equipes técnicasdesses programas agora se juntam aos 12 mil roteiristas semtrabalho desde que seu sindicato entrou em greve contra osgrandes estúdios americanos de cinema e televisão, nasegunda-feira. Os talk shows noturnos diários que dependem de um fluxoconstante de piadas pontuais foram os primeiros a ser afetados.Pelo menos oito deles, incluindo "The Tonight Show With JayLeno", da NBC, foram obrigados a apelar para reprises desde oprimeiro dia da greve. O contrato de três anos do sindicato dos roteiristas chegouao fim na quinta-feira. Os roteiristas reivindicam uma parcelamaior da receita dos programas na Internet, amplamente vistacomo canal de distribuição da maioria dos produtos deentretenimento no futuro. As negociações entre estúdios e roteiristas foram suspensasna noite de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.