<i>Modern Millie</i> é o grande vencedor do Tony

O musical Thoroughly Modern Millie, uma comédia ambientada na era de ouro do jazz, foi eleito o melhor musical da Broadway, na noite deste domingo, durante a entrega do 56.º Tony, a premiação mais importante dos palcos da Broadway, no Radio City Music Hall, em Nova York. O musical é baseado no filme com o mesmo título, de 1962, escrita por Richard Morris e Dick Scanlan, com músicas de Jeanine Tesori e letras de Scanlan. No Brasil o filme é mais conhecido pelo nome de Golpe de Mestre. Thoroughly Modern Millie era o grande favorito da noite com 11 indicações. Além da principal premiação, o musical levou outros cinco Tonys, incluindo melhor atriz para Sutton Foster e melhor atriz coadjuvante para Harriet Harris. O veterano ator John Lithgow venceu como melhor ator pelo musical Sweet Smell Of Sucess. O melhor diretor de musical foi John Rando, por Urinetown, que conta a história de uma cidade que sofre com a falta de água e onde todos os habitantes devem pagar para urinar. Entre as peças, a vencedora foi The Goat or Who Is Sylvia?, de Edward Albee. A peça é estrelada por Bill Pullman e Mercedes Ruehl. O prêmio de melhor ator ficou com Alan Bates, por Fortune´s Fool, e de melhor atriz com Lindsay Duncan, pela atuação na peça Private Lives, que também levou o prêmio na categoria de revival de uma peça. Mary Zimmerman foi eleita a melhor diretora de teatro por Metaorphoses. Mary é a segunda mulher a receber este prêmio em toda a história do Tony.Os Tonys especiais pelo conjunto de uma carreira foram para a atriz Julie Harris, recordista de prêmios, com cinco, e o produtor Robert Whitehead, que já ganhou quatro vezes. Outro momento emocionante da noite foi quando a veterana Elaine Stritch recebeu o prêmio pelo monólogo Elaine Stritch at Liberty. A atriz, de 77 anos, já tinha sido indicada quatro vezes, a primeira em 1956. O último ano foi um dos piores da Broadway. Com os atentados de 11 de setembro de 2001, o público cai mais da metade e só voltou a se recuperar no final do primeiro trimestre deste ano. O prefeitura da cidade de Nova York comprou US$ 2,5 milhões de tickets para reativar a economia do setor. No ano passado, o musical The Producers, de Mel Brooks, venceu 12 categorias, monopolizando as premiações do Tony.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.