Imagem que retrata a Primavera Árabe ganha o World Press Photo

O retrato de uma mulher com véu carregando um parente machucado em seus braços, tirada no Iêmen pelo fotógrafo espanhol Samuel Aranda para o The New York Times, ganhou o prêmio de melhor fotografia do ano do World Press Photo.

REUTERS

10 de fevereiro de 2012 | 09h47

A imagem capturou um momento do conflito no Iêmen, quando manifestantes que protestavam contra o presidente Ali Abdullah Saleh usaram uma mesquita na capital, Sanaa, como um hospital improvisado para tratar os feridos. Os jurados, porém, disseram que a imagem representava de forma mais abrangente a Primavera Árabe.

"A fotografia vencedora mostra um momento pungente e compassivo, a consequência humana de um evento enorme, um evento que ainda continua", disse o chefe dos jurados, Aidan Sullivan, sobre a foto de Aranda, que venceu o World Press Photo na categoria Melhor Foto do Ano de 2011.

"Nós podemos nunca descobrir quem é esta mulher, segurando um parente ferido, mas juntos eles se transformam em uma imagem viva da coragem das pessoas comuns que ajudaram a criar um importante capítulo na história do Oriente Médio."

O fotógrafo da Reuters Damir Sagolj conquistou o primeiro lugar na categoria Cotidiano individual por uma fotografia do fundador da Coreia do Norte, Kim Il-Sung, retratado em uma parede em Pyongyang.

(Por Sara Webb)

Tudo o que sabemos sobre:
GERALFOTOGRAFIAPREMIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.