Wilton Junior/ Estadão - 7/5/2010
Wilton Junior/ Estadão - 7/5/2010

Imagem e som em debate na Cinemateca

Semana ABC é aberta ao público, terá master class de Affonso Beato e vai premiar a excelência técnica no País

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2013 | 02h08

Que o Brasil tem grandes diretores de fotografia, alguns dos maiores do mundo, não é segredo para ninguém. Basta lembrar da câmera na mão de Dib Lutfi, no alvorecer do Cinema Novo, ou da luz crua de Luiz Carlos Barreto e Waldemar Lima, em obras como Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha, e Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos. A imagem do cinema brasileiro sempre foi esplendorosa, mas houve um tempo em que o público reclamava do som. Produtores e diretores retrucavam que o problema, na maioria das vezes, era das salas, mal aparelhadas, o que o público não percebia ao ver o filme estrangeiro porque estava ligado nas legendas.

A Semana ABC, que começa hoje na Sala Cinemateca, promove até sábado debates que não se destinam exclusivamente a profissionais. São temas como os desafios e as perspectivas do digital - a própria digitalização do parque exibidor nacional -, além do que representa a incorporação de técnicas (e profissionais) de cinema às novelas e séries de TV. Tudo isso é muito fascinante, mas há uma mesa que se antecipa como particularmente interessante. Ela vai discutir a evolução do pensamento sonoro no cinema brasileiro, com a participação de Kleber Mendonça Filho, diretor de O Som ao Redor, que a crítica, quase unanimemente, considera o grande filme nacional da atualidade.

Fundada em 2000, a Associação Brasileira de Cinematografia, ABC, reúne profissionais do audiovisual brasileiro, especialmente diretores de fotografia. Hoje são mais de 300 associados e uma série de atividades realizadas, entre elas a Semana ABC, o Prêmio ABC e o Informe ABC, boletim eletrônico enviado a cerca de duas mil pessoas. Tudo isso para incentivar a troca de ideias e informações visando o aperfeiçoamento técnico e artístico do audiovisual no País.

Dentro da Semana deste ano, atividade muito especial será a master class, amanhã, a partir das 18h30, de um convidado muito importante - Affonso Beato, fotógrafo de Glauber Rocha (O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro), Pedro Almodóvar (Carne Trêmula) e Stephen Frears (A Rainha). Só para ouvir o grande Beato narrar sua experiência com esses autores viscerais já valerá a ida à Cinemateca. Como em todas as atividades da Semana, a entrada é franca e as senhas serão distribuídas uma hora antes. No sábado, a partir das 20h30, haverá a entrega do Prêmio ABC para os melhores de oito categorias - melhor direção de fotografia de longa-metragem, melhor som de longa, melhor direção de arte de longa, melhor montagem de longa, melhor fotografia de curta, de filme publicitário, programa de TV e filme estudantil.

Entre os diretores de fotografia que concorriam na categoria principal - longa - estavam pai e filho, Walter Carvalho e Lula Carvalho, o primeiro por A Febre do Rato, de Cláudio Assis, e o segundo por À Beira do Caminho, de Breno Silveira. Os votantes da Associação fizeram sua escolha e somente Walter entrou no seleto grupo de seis que vão disputar o grande prêmio. Walter, inclusive, concorre consigo mesmo por dois filmes - o já citado A Febre do Rato e Heleno, de José Henrique Fonseca. Os demais quatro filmes indicados são - Corações Sujos, de Vicente Amorim (o fotógrafo é Rodrigo Monte); Gonzaga, de Pai pra Filho, de Breno Silveira (Adrian Teijido); Sudoeste, de Eduardo Nunes (Mauro Pinheiro Jr.); e Xingu, de Cao Hamburger (Adriano Goldman).

No ano passado, o grande vitorioso do prêmio ANBC foi O Palhaço de Selton Mello, que venceu em quatro categorias. Nos anos anteriores, venceram na categoria de longa os filmes Ensaio Sobre a Cegueira, de Fernando Meirelles (o fotógrafo é César Charlone); O Cheiro do Ralo, de Heitor Dhalia (José Roberto Eliezer); Tropa de Elite, de José Padilha (Lula Carvalho); e O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburger (Adriano Goldman).

Toda a programação do evento será disponibilizada ao vivo, em streaming, no site www.abcine.org.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.