<i>Intim@ção</i> conquista jovens com o sinal da Rede Vida

Quem imagina que a Rede Vida só exibe missas direto da Aparecida no Norte, o terço das seis da tarde ou qualquer outro tipo de pregação, engana-se. A segunda maior audiência da emissora católica - perdendo só para as missas e orações do Padre Marcelo Rossi - pertence ao Intim@ção, um programa de entrevistas e debates dirigido ao público jovem. Exibido todas às quartas-feiras, às 20 horas, o programa é apresentado por Thiago Gardinali e idealizado pela produtora Marista Multimeios, em parceria com a Rede Vida. Quando está no ar, a atração atinge média de 0,6 de audiência, mas já alcançou picos de um ponto diversas vezes. "Parece pouco, mas não é se for levado em conta que o nosso sinal é em UHF, colocando o programa à frente de outros canais em VHF, como a Cultura, Gazeta e RedeTV!", orgulha-se Thiago.O sinal da Rede Vida já atinge mais de 1200 municípios em todo o Brasil, fato que transformou a emissora na quinta maior do País em abrangência. Na Grande São Paulo, o sinal em UHF pode ser sintonizado no canal 40. "No ano passado, a Rede Vida começou a fazer a medição do Ibope. A partir disso tivemos noção do nosso público e conseguimos até mais anunciantes", revela. "Esses números têm um significado muito grande, pois nas cidades não há uma política que incentive as pessoas a assistirem um canal UHF." Enquanto o programa está no ar, a Cultura exibe documentários, a RedeTV! entra com A Feiticeira e Jornal da TV, e a Gazeta ataca com o evangélico R. R. Soares. Mas o fato mais interessante, segundo Thiago, é a comparação com a MTV, que no horário transmite a novela americana Na Real e o jornalístico Contato MTV. "A MTV nos chamou a atenção porque é uma emissora dedicada ao público jovem", explica Thiago, lembrando que no sistema UHF a Rede Vida fica logo após a MTV (canal 32).Sem moralismo -Antes de comandar Intim@ção, Thiago apresentou o Convocação Geral por cinco anos, também na Rede Vida. "Este ano, a produtora decidiu inovar e criar um novo programa, ao vivo, mais polêmico, sem abandonar o conteúdo educativo".Com a participação direta do público e trazendo sempre convidados, o Intim@ção trata de temas voltados para o universo do jovem. "Falamos do cotidiano da moçada de uma forma inteligente, sem ser bobo, moralista ou careta", explica.Links ao vivo, direto de colégios ou faculdades, permeiam o programa, que alcançou seus maiores picos falando sobre bebida na escola e a relação entre pais e filhos. Na próxima quarta-feira, véspera de 7 de setembro, o programa debaterá o projeto de lei que obriga a execução do Hino Nacional nas escolas. "Vamos discutir se isso dará ou não noção de patriotismo aos jovens", analisa ele.Entre os próximos temas estão: "O único modo de passar no vestibular é fazendo cursinho?" (dia 13); "Os esportes olímpicos têm espaço no País do futebol?" (dia 20) ; e encerrando o mês de setembro, no dia 27, às vésperas das eleições municipais, "Você optou por votar aos 16 anos?". Para participar, o público pode enviar perguntas para o telefone (0--11) 5010-9052, pelo pager (0--11) 5188-3838 código T 50, ou ainda pelo e-mail intima@ig.com.br.

Agencia Estado,

03 de setembro de 2000 | 12h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.