Igreja Católica em Portugal lamenta morte de Saramago e elogia sua obra

Escritor, ateu e feroz crítico da Igreja, 'ampliou o inestimável patrimônio que a literatura representa'

Gabriel Pinheiro, do estadão.com.br

18 de junho de 2010 | 15h44

SÃO PAULO - A Igreja Católica em Portugal lamentou nesta sexta-feira, 18, a morte do escritor José Saramago. Em nota, o diretor da Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, padre Tolentino Mendonça, afirma que Saramago - ateu e crítico do catolicismo - "ampliou o inestimável patrimônio que a literatura representa, capaz de espelhar profundamente a condição humana nas suas buscas, incertezas e vislumbres."

 

Veja também:

+ Amigo de Saramago por obra do acaso

+ A trajetória literária de José Saramago

+ Compartilhe seu trecho favorito de Saramago

+ Veja repercussão na mídia internacional

+ GALERIA: Fotos do Nobel de literatura

+ ELDORADO: Ubiratan Brasil comenta a morte

 

Durante sua trajetória, Saramago não escondeu seu desprezo pelas crenças religiosas, em especial aos dogmas católicos. Em O Evangelho Segundo Jesus Cristo (1991), um de seus livros mais famosos, o autor apresentou uma provocativa visão do Novo Testamento. Em Caim (2009), seu último romance, o protagonista bíblico amaldiçoa seu destino reservado pelo Criador.

 

Em entrevista ao Estado à época do lançamento da obra, o escritor português disse que "Deus não existe fora da cabeça das pessoas" e não poupou nem ao papa Bento XVI, a quem chamou de "cínico."

 

Para a Igreja, o cristianismo e o texto bíblico "interessaram muito ao autor como objeto para a sua livre recriação literária". Essa aproximação, segundo a nota, "resultou em exigência e beleza." O comunicado, porém, termina com uma ressalva: "O único lamento é que ela (relação com o texto bíblico) nem sempre fosse levada mais longe, e de forma mais desprendida de balizamentos ideológicos."

Mais conteúdo sobre:
José Saramago

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.