Ibope dos programas de verão é um fracasso

RedeTV!, Record e Band resolveram seguir os passos da MTV que há anos investe em atrações praianas e colocar os pés na areia este ano. Mas o resultado foi pífio. A Record atracou com sua turma na Bahia. Bahia 50 Graus, atração de verão da rede, terminaesta semana com um saldo de 3 pontos de média de ibope, menos doque o canal registrava quando exibia séries enlatadas (O MundoPerdido registrava 4 pontos). Os apresentadores Adriane Galisteu e Otaviano Costa não conseguiram aquecer a audiência. O entrosamento da dupla,por sinal, foi um dos problemas. Mas, pelo menos em faturamento, o Bahia 50 Graus foi bem,chegou perto dos R$ 5 milhões. Anunciante também não foi problema para o projeto de verãoda Rede TV!. A emissora, que levou quase todas suas atraçõespara as areias da Praia da Enseada, no Guarujá, faturou quase R$3 milhões com as cotas de patrocínio de seu Verão Total. Já em audiência, algumas atrações deixaram a desejar. Amédia do TV Fama, por exemplo, caiu. O programa, que costumaregistrar 4 ou 5 pontos de ibope quando está em São Paulo, caiupara 3 em sua versão praiana. Já Monique, com seu Noite Afora, eLate Show, vão indo bem. Quem escorregou foi Ellen Jabour, modelo/namorada deRodrigo Santoro, contratada pela rede para ancorar a programaçãode verão do canal. Corre nos bastidores que apesar do cachêgordo - R$ 20 mil por dois meses de trabalho - Ellen nãocorrespondeu às expectativas da direção do canal. Na Band os programetes de verão do canal também nãosurpreenderam em audiência. A casa alugada para o programa emIlha Bela é linda, a vinda de Oliver Anquier para o canal foipositiva, mas não houve nenhuma curva de animação no ibope. Asentradas da Band Verão na programação registram média entre 2 e 4 pontos de audiência.

Agencia Estado,

26 de janeiro de 2004 | 12h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.