Ibope amplia apuração de audiência no País

A guerra de audiência deve ganharmais um tempero em 2002. O Ibope pretende instalar a medição deaudiência em tempo real em outros Estados do País. Hoje, essamedição só existe na Grande São Paulo. Segundo o gerente de Atendimento do Ibope, Derli Pravato a audiência em tempo real deve ser instalada nos Estados que jápossuem a medição eletrônica: Porto Alegre, Florianópolis,Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador , Recife e Belo Horizonte."Não sabemos ainda se será só em um ou em mais Estados queinstalaremos essa medição", conta Pravato. "O problema é que éum sistema de transmissão caro, que envolve também a implantaçãode equipe técnica do Ibope no local trabalhando 24 horas aodia." Pravato diz que o ibope nacional em tempo real é umpedido insistente das TVs, que planejam muitas de suas atraçõesem cima desses dados. "As agências de publicidade querem só osdados consolidados, são as emissoras as maiores interessadasnesse tipo de medição, é assim que elas vêem o que está ou nãoestá dando certo na atração ao vivo." É o que ocorre na disputade audiência, apertada, entre o ´Domingo Legal´, do SBT, e o´Domingão do Faustão´, da Globo. Baseados na audiência em tempo real, Gugu e Faustãoremanejam suas atrações, estendem quadros e encerram outros quenão estão agradando ao público. "Apesar de São Paulo ser muitoimportante em audiência e economicamente, as TVs só têm umavisão parcial do resultado de seus programas. A medição em temporeal em outros Estados deve mudar muita coisa", diz Pravato.

Agencia Estado,

30 de agosto de 2001 | 18h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.