Humor ganha espaço na grade da MTV

A MTV descobriu um filão para explorar em 2001: o humor. As palhaçadas em atrações que não eram exatamente do gênero fizeram sucesso no ano passado e, segundo André Mantovani, diretor-geral da emissora, serão a base da nova programação que deve estrear no dia 12 de março. Os apresentadores Marcos Mion (Supernova, Piores Clipes do Mundo) e Max Fivelinha (jurado do VJ por um Dia e repórter do Gordo a Go Go) estão entre os que lucram com a história. Cada um deve ganhar um humorístico na nova grade. O de Fivelinha entra no ar aos domingos e o de Mion, idealizado pelo próprio e ainda não totalmente elaborado, deve preencher a grade diária com esquetes curtas. "A minha escola teve grandes professores com três tipos de humor: o Cazé, requintado, o Thunderbird, escrachado, e o João Gordo, com seu toque mais escrachado que todos. Quero colocar logo o que aprendi em prática. Estou louco para estrear", conta Max, que se consagrou com o MTV na Praia e seu quadro Ilha de Fivelas. Já o vencedor do prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) de melhor apresentador de 2000, Marcos Mion, tem mais calma quanto à data. "Só devo entrar em abril, porque meu projeto é mais complicado. Quero fazer algo diferente de tudo na tevê brasileira. Minha inspiração está em programas americanos como o Saturday Night Live", diz. Em 2000, o faturamento da MTV aumentou 45%. Os índices no Ibope cresceram no mesmo ritmo. "O ´engraçado´ se mostrou como ponto forte da audiência. O público, numericamente, tem respondido bem a esse tipo de programa", resume Mantovani logo após um gelado banho de mar no Costão do Santinho, em Florianópolis (SC), na terceira etapa de gravações do MTV na Praia. "O programa de férias até reforçou nossa idéia de investir na área. Este ano seremos muito mais eventos, humor e agilidade." A atração que está viajando pelas areias de quatro lugares do Brasil (Salvador, Rio de Janeiro, Florianópolis e Porto Alegre) é a mais cara da emissora, pois requer custos de transporte, hospedagem de toda a equipe, além da montagem de cenário. Mas desta vez surpreendeu a direção da casa. Vendeu seis cotas de publicidade, um recorde em relação às versões anteriores que arrecadavam sempre quatro ou cinco cotas. "O marketing deve crescer bastante este ano", acredita Mantovani.Erótica com mulherão - Os apresentadores do Supernova continuarão os mesmos, Didi (Adriana Wagner) e Mion, mas o formato muda. O canal vai continuar seguindo sua característica de mudar tudo a cada ano e a atração, mesmo dando certo como está, vai sofrer reviravoltas. Provavelmente vai ficar mais curta. "Além do Supernova, talvez haja outro projeto para mim. Mas não posso falar sobre isso ainda porque não está certo. As reuniões para acertarmos só vão acontecer depois de gravarmos a última etapa de praia, por volta do meio de fevereiro, em Atlântida (RS)", despista Didi. No mês que vem, a MTV também deve tratar de apresentar a nova integrante de seu cast: a apresentadora do Erótica. Diferente da última ocupante do cargo, Ludmila Rosa, que fazia o tipo mignon, a new face promete fazer um tipo mais mulherão, segura e imponente.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2001 | 11h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.