Fernando Alvim/ Divulgação
Fernando Alvim/ Divulgação

Hugo Segawa é oficialmente indicado para direção do MAC-USP

Gestão de Tadeu Chiarelli na direção do museu está marcada para terminar no dia 29 deste mês

Camila Molina, O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2014 | 12h44

Em reunião realizada nesta segunda-feira, 7, pela manhã, o conselho do Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP indicou oficialmente Hugo Sewaga, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da universidade, para ser o próximo diretor da instituição. A gestão de Tadeu Chiarelli na direção do museu está marcada para terminar no dia 29 deste mês. Segawa foi o único candidato apresentado pelos conselheiros do MAC, recebendo nove votos (apenas um foi nulo). Não existe um prazo para que o reitor da USP, Marco Antonio Zago, decida sobre a indicação, mas o museu pediu brevidade de decisão para que Chiarelli possa ele próprio fazer a transição dos cargos.

Uma portaria aprovada em fevereiro pela USP decidiu pelo fim da criação de uma lista tríplice para a escolha de diretores e vice-diretores das Unidades de Ensino e Pesquisa, Museus e Institutos Especializados. "O Diretor, com mandato de quatro anos, vedada a recondução, será designado pelo Reitor, se tiver obtido maioria absoluta de votos, em primeiro turno, votado pelo Conselho Deliberativo", diz ainda o documento.

Procurado pela reportagem do Estado na última sexta-feira, Hugo Segawa não quis comentar sobre o MAC-USP. "É um projeto institucional e não pessoal, prefiro esperar a eleição", afirmou o professor da FAU. "Prefiro conversar antes com o reitor pois a USP passa neste momento por exames de sua situação, há prioridades, questões", completou Segawa.

O conselho do MAC que indicou o professor da FAU foi formado por Tadeu Chiarelli, Cristina Freire, Helouise Costa, Ana Magalhães, Katia Canton, Carmen Aranha, Vera Filinto, Eugênia Vilhena, Geórgia Kyriakakis e Eduardo Morettin.

Tudo o que sabemos sobre:
Hugo SegawaMAC-USP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.