Houellebecq ganha o Goncourt

LITERATURA

, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2010 | 00h00

O polêmico escritor Michel Houellebecq, de 52 anos, ganhou ontem o Prêmio Goncourt, o mais prestigioso da literatura em língua francesa, pelo romance La Carte et le Territoire (O Mapa e o Território). "Nossa decisão saiu em 1 minuto e 29 segundos, um recorde", contou Didier Decoin, secretário-geral da Academia Goncourt. "Houellebecq obteve rapidamente os cinco votos necessários." Mundialmente conhecido a partir de 1998 pelo romance As Partículas Elementares (Sulina), Houellebecq optou por um humor feroz no novo livro, em que narra o encontro de dois escritores. Alguns críticos acusaram o escritor de copiar longos trechos do Wikipédia. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.