Hospital 'vai demitir' funcionários que bisbilhotaram ficha de Britney

Funcionários do UCLA leram dados quando a cantora foi internada em janeiro.

Da BBC Brasil, BBC

16 de março de 2008 | 17h30

Um hospital de Los Angeles vai demitir funcionários que leram os registros médicos confidenciais da cantora Britney Spears, segundo uma reportagem publicada no sábado pelo jornal americano Los angeles Times.Segundo o jornal, os funcionários tiveram acesso às informações sigilosas sobre o estado de saúde da cantora quando ela foi internada no hospital Santa Monica, ligado à Universidade da Califórnia Los Angeles (UCLA ), em janeiro.Jeri Simpson, chefe do departamento de Recursos Humanos do hospital, disse ao jornal que alguns funcionários serão disciplinados ou demitidos."Não é apenas surpreendente, é também muito frustrante e decepcionante", disse Simpson.PrivacidadeDe acordo com o Los Angeles Times, 13 funcionários - nenhum deles médico - vão perder o emprego e outros 12 serão disciplinados.O hospital, no entanto, não confirmou os números nem quando o incidente ocorreu. Esta não é a primeira vez que o centro médico terá de repreender funcionários por acessarem as fichas médicas de Britney Spears, diz o diário americano.Vários empregados foram demitidos em setembro de 2005 após bisbilhotarem arquivos da cantora depois que ela deu à luz seu primeiro filho, Sean. "Nós fazemos o possível para proteger a privacidade dos nossos pacientes e lamentamos muito que isso tenha acontecido novamente", disse Simpson, acrescentando que o UCLA recebe celebridades o tempo todo e que isso nunca acontece."Eu não sei o que acontece quando se trata dessa pessoa em particular", disse, em referência a Britney.Britney Spears foi levada para o hospital nas primeiras horas do dia 31 de janeiro e teria sido atendida por um psiquiatra.Desde então, seu pai assumiu o controle de seus bens e ela tem pouco contato com os dois filhos, que estão sob a custódia do ex-marido da cantora, Kevin Federline.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
britneyhospitalpunição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.