Horários de programas do SBT devem voltar ao normal

Silvio Santos deve desfazer em março a troca de horários maluca que promoveu em sua programação no fim do ano. Corre nos bastidores do SBT que o dono da emissora queria testar alguns horários e usou programas de renome da casa, como o de Hebe, para esse "teste". Nem a audiência, muito menos os apresentadores gostaram da troca. Agora, quem suplica pela volta dessas atrações aos seus antigos horários é o mercado publicitário. Isso mesmo. Silvio Santos tem recebido reclamações de publicitários e anunciantes receosos com os índices baixos de ibope de alguns programas que mudaram de horário. Um deles é o programa Hebe. A atração saiu das noites de segunda-feira, quando vinha registrando médias de 6 pontos - perdendo para Tom Cavalcante na Record, é fato -, e pulou para as noites de sábado. Hebe despencou para 2 pontos, assustando até os mais pessimistas com relação à mudança. A troca do Charme, de Adriane Galisteu, das noites de quarta-feira para as de sábado, também foi desastrosa. A audiência do programa caiu muito e os anunciantes, que sempre foram muitos por causa da imagem da loira, também começaram a fugir. Mas, de longe, nada é comparado ao que aconteceu com o Programa do Ratinho. As mudanças começaram no semestre passado e foram aos poucos dizimando a atração. Ratinho perdeu a identidade e boa parte de seu público. É claro que no quesito anunciantes seu programa nunca foi um exemplo, mas em audiência ele conseguia incomodar no horário noturno. É para lá que ele deve voltar. Uma das idéias de Silvio Santos é retornar Ratinho para a faixa das 21 horas, com pitadas do mundo-cão que ele sempre gostou de fazer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.