Honoré traz a sua Paris, na TV aberta

Os Irmãos Id & Ota

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2010 | 00h00

15H40 NA GLOBO

(Meet The Deedles). EUA, 1998. Direção de Steve Boyum, com Steve Van Wormer, Paul Walker, John Ashton, A.J. Langer, Robert Englund.

Bart, o Urso tem uma pequena participação e, acreditem, rouba a cenas deste filme sobre irmãos gêmeos que só pensam em surfe e o pai os envia para um acampamento de verão, na expectativa de que diversifiquem seus interesses. Digamos que sim, mas não no sentido que o pai queria. Eles se interessam também por garotas. O tom é de comédia.

Reprise, colorido, 92 min.

Em Paris

22 H NA CULTURA

(Dans Paris). França, Portugal, 2006. Direção de Christophe Honoré, com Romain Duris, Louis Garrel, Joana Preiss, Guy Marchand, Marie-France Pisier, Alice Butaud, Héléna Noguerr.

Um ótimo programa da Mostra na TV. Honoré é, entre todos os novos autores do cinema francês, aquele que mais reata com a tradição da nouvelle vague. Ele conta aqui a história de dois irmãos, interpretados por Romain Duris e Louis Garrel (seu ator fetiche). Relações - e problemas - familiares, amores. Reprise, colorido, 120 min.

A Quadrilha da Fronteira

22 H NA REDE BRASIL

(Badman"s River). Espanha, França, Itália, 1972. Direção de Eugenio Martin, com Lee Van Cleef, James Mason, Gina Lollobrigida, Gianni Garko.

Lee Van Cleef faz pistoleiro abandonado pela mulher, que se une a revolucionário mexicano. Contra a vontade dela, os dois (Van Cleef e James Mason) unem-se para roubar carregamento de ouro. Spaghetti western que desfruta excelente reputação, sendo considerado um dos melhores exemplares do gênero. O destaque é a participação de Gina Lollobrigida. Sophia Loren e "Lollo" foram a Emilinha (Borba) e a Marlene do cinema italiano nos anos 1950 e 60. Sophia fez escolhas melhores na carreira e talvez também tivesse mais talento, mas Gina teve sua importância. Reprise, colorido, 87 min.

Além dos Maiorais: Ítalo-Americanos e o Cinema

23H30 NA CULTURA

A emissora não forneceu maiores informações sobre o documentário que programou. Mas anuncia os nomes de alguns ítalo-americanos que são enfocados no programa - Isabella Rossellini, John Turturro, Ben Gazzara, Marisa Tomei. É no mínimo curioso que, quem quer que o tenha feito, ignore o cineasta que mais tem feito a ponte entre Hollywood e o cinema clássico da Itália, Martin Scorsese. Por que será? Inédito, colorido, sem indicação de duração.

As Tartarugas Ninja - O Retorno

23h45 na Record

(TMNT). EUA/Hong Kong, 2006. Direção de Kevin Munroe.

Depois de viverem três aventuras nos anos 1990, as Tartarugas Ninjas voltam em versão computadorizada, enfrentando vilão que desenterra velhos monstros na tentativa de dominar a Terra. Quem curtia a série não pode perder a hora da saudade. Reprise, colorido, 87 min.

Intercine

2H10 NA GLOBO

A emissora exibe o preferido do público entre - O Trapaceiro, de Barry W. Blaustei, com Johnny Knoxville como jovem endividado que, pressionado por dívidas e pelo tio ganancioso, finge ser deficiente; dessa maneira ele poderá participar de uma para-olimpíada e faturar o dinheiro do prêmio; e Tormentas do Passado, de Michael Phelan, com Sean Patrick Flanery como policial que nunca conseguiu superar o trauma do afogamento da irmã, quando era criança, e agora tenta ajudar outra garota, cuja irmã gêmea morreu no mar, após desastre aéreo.

Mediterrâneo

3 H NA REDE BRASIL

(Mediterrâneo). Itália, 1991. Direção de Gabriele Salvatores, com Diego Abatantuono, Cláudio Bigagli, Giuseppe Cederna, Vanna Barba, Claudio Bisio.

Durante a 2ª Guerra Mundial, soldados italianos são deixados para trás numa ilha grega onde existe apenas um vilarejo abandonado. Só que o lugar não está abandonado - os habitantes se esconderam e, ao descobrir que os "invasores" não oferecem perigo, saem de suas tocas. Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro. Reprise, colorido, 92 min.

TV Paga

Réquiem para Um Lutador

1 H NO TCM

(Requiem for a Heavyweight), EUA, 1962. Direção de Ralph Nelson, com Anthony Quinn, Jackie Gleason, Mickey Rooney, Julie Harris.

Existem ecos do Zampano de A Estrada da Vida, de Federico Fellini, no personagem que Anthony Quinn cria neste filme. Ele faz pugilista que foi grande, mas afundou na degradação. Anthony Quinn está soberbo e o filme, que Rod Serling adaptou de sua telepeça, marcou a estreia do diretor Nelson, que veio da televisão e fez filmes fortes, embora nem sempre reconhecidos pelos críticos. Reprise, preto e branco, 100 min.

Os Inconfidentes

2H30 NO CANAL BRASIL

Brasil, 1972. Direção de Joaquim

Pedro de Andrade, com José Wilker, Luiz Linhares, Paulp César Pereio, Fernando Torres, Carlos Kroeber.

Versão desmistificadora da Inconfidência Mineira, com José Wilker - nada parecido com a iconografia oficial - na pele de um Tiradentes que é devorado pelo Brasil. Joaquim Pedro inspirou-se em Cecília Meireles, O Romanceiro da Inconfidência. Reprise, colorido, 100 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.