Homenagem aos 70 anos de Bob Dylan

Nos anos 1960, no auge de sua carreira, o cantor e compositor Bob Dylan pensou em suicídio e esteve viciado em heroína. As informações aparecem em entrevista com Dylan, realizada por seu amigo e biógrafo, Robert Shelton, em 1966, e até então desconhecida. Às vésperas de Bob Dylan (Robert Allen Zimmerman) completar 70 anos (a data exata é hoje), Shelton explicou à BBC que quer incluir essa entrevista em nova edição de seu livro No Direction Home. Também em torno do aniversário de Dylan, a Cinemateca (Largo Senador Raul Cardoso, 207, tel. 3512-6111) celebra os 70 anos do músico com mostra, entre hoje e domingo, de filmes que remetem a ele.

, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.