'Homem grávido' espera o segundo filho nos EUA

Thomas Beatie, que nasceu como mulher e vive como homem em Oregon após uma cirurgia e um tratamento hormonal, deve ter um segundo filho. Beatie fez o anúncio em entrevista que vai ao ar pela rede ABC na sexta-feira. Beatie, 34, é juridicamente um homem, embora tenha mantido órgãos reprodutivos femininos quando fez a operação para mudar de sexo, há 10 anos. Ele disse ao programa "20/20" que está no terceiro mês de gestação. A apresentadora Barbara Walters mostrou trechos da entrevista no seu programa diurno, o "The View". A imagem de Beatie, com barba rala e barrigão, correu o mundo antes do parto, em 29 de junho. Ele disse a Walters que, depois disso, não voltou mais a tomar testosterona (hormônio masculino), porque pretendia engravidar outra vez. "Eu me sinto bem. Fiz exames de nível hormonal, inclusive de hCG (hormônio da gravidez), tudo está correndo bem", disse. O bebê deve nascer por volta de 12 de junho, segundo Beatie. Sua esposa Nancy, 46, com quem ele é casado há cinco anos, fez uma histerectomia e não pode ser mãe. O primeiro filho foi concebido por inseminação artificial, com esperma de um doador e óvulo de Beatie. O casal mantém uma vida pacata em Bend, Oregon, desde o nascimento da menina Susan. (Reportagem Alex Dobuzinskis)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.