Homem é preso em Cingapura por cheirar axilas de mulheres

Um homem de Cingapura que gostava decheirar axilas de mulheres foi condenado a 14 anos de prisão e18 chibatadas nas nádegas por molestar suas vítimas, informouum jornal local na sexta-feira. O homem de 36 anos que, segundo o jornal Straits Times, eramentalmente instável, já fora condenado antes por crimesrelacionados a sexo e drogas. Ele molestou 23 mulheres por 15 meses, cheirando suasaxilas e tocando-as em coletivos, escadarias e até em suascasas, disse o jornal. Ele foi pego depois que uma dona de casao denunciou à polícia. A corte justificou a prisão, reservada apenas para oscrimes mais graves, dizendo que era provável que o homemcometesse crimes novamente, segundo o jornal. As chibatadas nas nádegas são uma punição adicional paracriminosos homens em Cingapura, por ofensas que vão desde ovandalismo até o estupro e a posse ilegal de drogas. (Reportagem de Melanie Lee)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.