Holandeses criam "No Limite" do futebol

Dona dos direitos do Big Brother, o "reality show" mais vendido no mundo, a produtora holandesa Endemol acaba de criar nova modalidade na arte de transformar a privacidade das pessoas em espetáculo público. Esse tipo de programa, cuja versão mais próxima que se viu aqui foi o No Limite, da Globo, agora faz do futebol a bola da vez.A idéia é escalar um time de jogadores - amadores, claro, com agendas disponíveis para as câmeras - e dar ao público o poder de interferir, por voto, na ascenção e queda de cada ser do "elenco". Uma equipe de candidatos será originalmente escolhida pela produção, mas caberá ao telespectador fazer a seleção final.Sob o título provisório de La Squadra della Gente ("O Time da Gente"), o novo "drama real" vem sendo negociado na Itália, país que abriga tantos "técnicos de futebol" como o Brasil - é possível encontrar um em cada esquina, contestando as decisões dos preparadores desse ou daquele time. Na Inglaterra, segundo o jornal italiano Corriere della Sera, a atração foi batizada como Team e será provavelmente exibida pela ITV. A Endemol aposta que a platéia feminina não sairá da frente da TV, pois todos os passos dos jogadores fora de campo serão registrados.

Agencia Estado,

14 de agosto de 2001 | 10h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.