Hoje na TV, a viagem de Elvis Presley ao Velho Oeste

Elvis the Pelvis virou mito ao expressar, como pioneiro do rock, a insatisfação e rebeldia da juventude americana dos anos 1950, mas sua estréia em Hollywood foi com um western romântico-musical, Ama-me com Ternura, de Robert D. Webb, em 1957. Seguiram-se dois filmes que os críticos, em geral, consideram os melhores que ele interpretou - O Prisioneiro do Rock, de Richard Thorpe, e Balada Sangrenta, de Michael Curtiz -, mas os melhores, mesmo, foram dois filmes de gênero no começo dos anos 1960. Outro western, justamente Estrela de Fogo, que a Rede 21 exibe hoje às 22h30, e o musical Amor a Toda Velocidade, de George Sidney. Elvis faz aqui mestiço índio que enfrenta todo tipo de oposição e fracassa na tentativa de manter a família unida. O filme é muito bom, o que não causa espanto. O diretor Siegel foi um dos grandes de ação de Hollywood, com ótimos filmes no currículo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.