Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Hit no Carandiru, HQ 'O Vira-Lata' ganha série para TV e web na Globo

Está nas mãos do diretor Luiz Fernando Carvalho a missão de transformar a HQ O Vira Lata em seriado de TV de dez episódios, com desdobramento em websérie. A Globo já comprou os direitos da obra, ainda sem previsão de exibição. "Estou terminando o primeiro tratamento do texto, escrito pelo Paulo Garfunkel e pelo Líbero Malavoglia (criadores do original) e já penso em locações", disse Carvalho à coluna.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2014 | 02h09

Definido como samurai urbano que trafega pelo submundo paulistano, filho de uma mãe com cinco possibilidades de pai e criado nas ruas, o personagem foi apresentado ao presídio do Carandiru nos anos 90 por Drauzio Varela. E se tornou uma eficiente bandeira local no combate à Aids. Com alto teor de drogas e sexo, do texto às ilustrações, o enredo atraiu a atenção dos detentos como nenhuma outra campanha institucional havia conseguido até então.

Na adaptação para a Globo, a exposição sexual receberá, evidentemente, outro tratamento, "mas é um personagem bastante erotizado", reconhece Carvalho, assegurando que esse caráter será preservado na tela.

O Vira-Lata nasceu como uma edição da revista Animal. Foi o resultado obtido por Drauzio no Carandiru que incentivou a publicação de outras sete edições com tiragem de 10 mil exemplares cada, distribuídos no presídio gratuitamente, com patrocínio. Há dois anos, a editora Peixe Grande reeditou todas as histórias em um único volume de 440 páginas.

Na tela, O Vira-Lata será mix de animação e live action (dramaturgia), ainda sem ator definido.

Helena tombou. Pela primeira vez presente no programa do marido, Lázaro Ramos, Taís Araújo faz uma confissão na estreia da 9ª temporada do Espelho, hoje, às 21h30, no Canal Brasil. Emociona-se ao falar de sua Helena em Viver a Vida: "Talvez tenha sido o maior tombo profissional que tomei em quase 20 anos de carreira, e foi o que melhor serviu na minha vida."

Wagner Moura, Antonio Fagundes e Eliane Giardini são nomes reservados para Dois Irmãos, minissérie baseada na obra de Milton Hatoum que finalmente deve sair do papel em 2015, na Globo.

Roberto Carlos, o jogador, bem entendido, e Juninho Pernambucano vão se juntar à equipe de comentaristas da Copa na Globo, ao lado de Ronaldo, Casagrande, Caio Ribeiro, Júnior e Roger Flores.

Entre os narradores, a novidade na Copa da Globo será Alex Escobar, desafeto do então técnico Dunga na Copa de 2010. O time encabeçado por Galvão Bueno contará ainda com Cléber Machado, Luís Roberto, Rogério Corrêa e Rembram Jr.

24 Horas, Viva um novo dia, que traz Jack Bauer de volta, estreia no Brasil, pela Fox no Brasil, em 6 de maio, só um dia após seu lançamento na TV dos Estados Unidos. Mas só em versão legendada, para alívio de uns e desespero de outros.

O programa de Sabrina Sato aos domingos estreia ainda este mês e será o menu principal do evento que a Record promove dia 18, para anunciar as apostas do ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.