Histórias de Jobim

Você pode cantar Call Me Maybe ou dançar ao som de Gangman Style, mas é o veterano artista de hip hop Dr. Dre quem ri por último. Afinal, ele é hoje músico mais bem pago do mundo. A informação partiu da revista Forbes, divulgada na quinta-feira. Nascido na Califórnia há 47 anos, Dre tornou-se um dos nomes de ponta do hip hop nos anos 1990, período em que trabalhou ao lado de Eminem e Snoop Dog.

PIYA SINHA-ROY , REUTERS / LOS ANGELES , O Estado de S.Paulo

02 de dezembro de 2012 | 02h11

A excelente colocação foi conquistada especialmente pelo sucesso da linha de fones de ouvido licenciada por ele, chamada Beats by Dre. A Forbes, que tradicionalmente compila ganhos de personalidades para fazer rankings anuais de rendimentos, analisou o período de maio de 2011 a maio de 2012, quando Dre faturou US$ 110 milhões.

Em seguida na lista, aparece Roger Waters, ex-Pink Floyd, que acumulou US$ 88 milhões. Próximo, vem outro veterano, Elton John, com US$ 80 milhões. Sobre Dr. Dre, a Forbes avalia: "Seu próximo e aguardado álbum, Detox, ainda não saiu, mas Dre ainda fatura dinheiro com seus discos antigos, com produção e shows ocasionais. E ainda tem uma linha de fones de ouvido".

A Forbes compila sua lista anula dos músicos mais bem pagos do ano a partir de estimativas de faturamento de venda de discos, shows ao vivo e merchandising. No início deste ano, o DJ holandês Tiesto foi reconhecido como o mais bem pago da indústria de electronic dance.

Considerando celebridades de outras áreas além da música, Dr. Dre ficou em quinto lugar - o primeiro posto ficou com a apresentadora Oprah Winfrey, que faturou US$ 165 milhões. À frente do rapper, estiveram ainda os cineastas Michael Bay (US$ 160 milhões), Steven Spielberg (US$ 130 milhões) e o produtor Jerry Bruckheimer (US$ 115 milhões).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.