História de resistência e princípios

'O Estado de S.Paulo' foi fundado por um grupo de liberais, em 1875, com dois objetivos - a libertação dos escravos e a proclamação da República. O jornal sempre teve como lema a defesa da democracia e a livre iniciativa. Fiel aos princípios, durante o regime militar, pelo simples fato de tentar ser isento nas reportagens, provocou a ira da ditadura, que instalou censores na redação. 'O Estado' reagiu e, para informar seus leitores de que estava sendo censurado, passou a publicar trechos dos Lusíadas, de Camões, para preencher as lacunas nos textos. O Jornal da Tarde adotou atitude semelhante, publicando receitas culinárias. A censura durou até 4 de janeiro de 1975.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.