História da Rússia em filme polêmico

O cineasta russo Nikita Mijalkov estreou ontem, em meio a polêmicas, a sequencia do filme O Sol Enganador, que recebeu o Oscar e Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1994. O Sol Enganador 2 é considerada a produção cinematográfica mais cara do país, orçada em US$ 55 milhões. A obra oferece uma visão particular do diretor sobre a 2ª Guerra Mundial. "Me senti ferido ao ver O Resgate do Soldado Ryan, de Spielberg, história em que a vitória da guerra pertenceu aos aliados", afirmou Mijalkov. / EFE

, O Estado de S.Paulo

23 de abril de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.