Hilda Hilst retoma rotina após cirurgia

A escritora Hilda Hilst, de 72 anos, retomounesta segunda-feira sua rotina da Casa do Sol, onde mora, em Campinas,a 90quilômetros de São Paulo, depois da retirada de um tumor de umdos pulmões, no Hospital das Clínicas da Universidade Estadualde Campinas (Unicamp). Hilda recebeu alta domingo. Na segunda, elapassou algum tempo em seu escritório, leu um pouco e fez umapequena caminhada na propriedade, no distrito de Sousas. Segundo o escritor José Luiz Mora Fuentes, auxiliar deHilda, ela passa bem, não está sob nenhuma dieta específica,ainda que os médicos tenham recomendado alimentos saudáveis, etem se recuperado mais rapidamente do que as expectativas. A únicaexigência é que abandone o cigarro. Os médicos descobriram o tumor por acaso, depois que aescritora sofreu uma queda em sua casa. Foi submetida a umaradiografia, que não constatou fraturas, mas revelou uma sombrano pulmão. O câncer foi diagnosticado em uma tomografia. Hildasubmeteu-se a uma cirurgia para a retirada do nódulo, de tamanhopequeno. Ela foi internada para a cirurgia na segunda-feira dasemana passada. Referência na literatura nacional, Hilda é autora de umaobra provocativa. Ganhou diversos prêmios da literaturabrasileira, entre eles dois Jabutis. Mas sempre lamentou queseus trabalhos não tivessem sido assimilados pelo grandepúblico. Há alguns anos afirmou que deixaria de escrever porqueestava cansada de não ser entendida. Recentemente, teve seucatálogo reeditado pela Editora Globo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.