Hebe Camargo grava 1º DVD em show com convidados

O palco não era o do SBT e nem era segunda-feira. Mas a noite era toda de Hebe Camargo, 81 anos. Anteontem, a apresentadora fez do Credicard Hall, em São Paulo, um tradicional Programa Hebe, que ela comanda na emissora de Silvio Santos. Só que, nesse caso, bem mais carregado de emoção. Deslumbrante num vestido vermelho de paetês, Hebe lascou um beijão em Leonardo, fez piada com Bruno & Marrone, sentou no colo da amiga Xuxa Meneghel, acomodada em sua primeira fila, e até improvisou uma coreografia com Gilberto Gil, ao som de "Esperando na Janela" - o músico deixou Nova York especialmente para prestigiar a amiga na gravação do seu primeiro DVD. A festa foi completa, só faltou o seu querido Roberto Carlos, que não pôde comparecer.

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 09h08

Há um mês, Hebe achava que o projeto poderia ser audacioso demais, que a casa de show não iria lotar. "Morro de medo de não ter público", ela disse, em setembro. Não por acaso, ao subir ao palco surpreendeu-se. Todos os 7.500 lugares do Credicard Hall estavam ocupados. E a plateia, claro, foi de estrelas: Xuxa Meneghel, Sérgio Reis, Daniel, Maria Rita, Alcione, Gilberto Gil, Zezé di Camargo & Luciano, Fábio Jr., entre tantos outros. Entre amigos, Hebe deu início à festa. Com a voz ainda um pouco tímida, soltou o primeiro verso: "Viver e não ter a vergonha de ser feliz". O vozeirão da amiga "Marrom", Alcione, engrossou o coro de "O Que É, O Que É". Hebe não escondeu a emoção. "Não dá para explicar essa penca de gente comigo. Ter um coração só é injustiça. Este momento será inesquecível", ela disse.

Assim como no programa, cada convidado ao palco recebia uma palavra de carinho da anfitriã. Maria Rita, que se apresentou logo depois de Ivan Lins, ficou com os olhos marejados. "Gente, conheci essa menina na barriga da mãe", diz Hebe. Até aí tudo bem. O que Maria Rita não esperava era ver a mãe em um vídeo ao fundo: "A meiguice da Maria Rita devolveu uma ''negrice'' que eu tinha perdido", diz Elis Regina, num vídeo em preto e branco. "Vai, aproveita. A festa é sua", sugere Maria Rita a Hebe. Ela escuta o conselho.

Brinca com Bruno & Marrone, dança abraçada a Daniel Boaventura, no embalo de "La Noche Que Me Quieras" e, num desfile pela plateia, agradece a presença dos amigos. Especialmente de Xuxa, que, antes de Hebe dar início ao show, a acalmou. "Eu estava morrendo de medo antes de tudo começar", contou Hebe. "Daí, eu falei pra ela: ''Se você esquecer alguma coisa, sorria, porque seu sorriso já vale a pena para a gente", sugeriu Xuxa à anfitriã.

A voz da apresentadora só voltou a ficar embargada com a chegada da canção "Você Não Sabe". Com a voz de Roberto Carlos ao fundo e fotos do cantor refletidas num telão, Hebe não se conteve e chorou. "Agora quem vem enxugar minhas lágrimas?", perguntou. O filho Marcelo subiu ao palco. Hebe voltou a falar de Roberto Carlos. "Esse homem é demais. Ele acha que desisti dele, mas eu não desisto, nunca. Obrigada, Roberto", disse. Aos 81 anos, depois de 2 horas de show e com a história de vida que tem - este ano, ela superou um câncer -, a escolha da música final não poderia ser melhor: "É preciso Saber Viver". As informações são do Jornal da Tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaDVDHebe Camargo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.