HBO, NBC e ABC dividem maioria dos Emmys da TV norte-americana

Três redes norte-americanas -- apaga HBO e as abertas NBC e ABC -- receberam a maioria dosprêmios Emmy no domingo, seis cada uma. Esse é o prêmio mais importante da TV dos Estados Unidos, esua entrega, às vésperas do início de uma nova temporada deprogramas, tem enorme poder de alavancar as audiências. Por isso, pode-se considerar que os maiores ganhadoresforam a NBC e seu humorístico "30 Rock", que parodia asproduções de TV. Em seu primeiro ano, a série é elogiada porcríticos, mas sofre nas listas de audiência. O programa foiconsiderado a melhor série cômica do ano. "Tomara que isso nos ajude um pouquinho, e temos estrelasincríveis aparecendo nesta temporada", disse a veterana TinaFey, criadora e apresentadora do programa, nos bastidores doprêmio. Ela contou que o humorista Jerry Seinfeld, ex-astro daNBC, deve fazer uma aparição nesta temporada. Somando as dezenas de prêmios, a maioria de carátertécnico, entregues no dia 8, no chamado Creative Arts Emmys,prelúdio ao prêmio principal de domingo, a HBO lidera o Emmydeste ano, com 21 troféus, seguido pela NBC, com 19. No domingo, a rede aberta também recebeu os prêmios demelhor atriz coadjuvante (Jaime Pressly, da série "My Name isEarl"), roteiro (para "Late Night with Conan O'Brien" e "TheOffice") e dois troféus por um musical em homenagem a TonyBennett. A HBO, eterno bicho-papão de Emmys, recebeu três troféuspor "Família Soprano", que acabou em junho, após seistemporadas. A série recebeu os prêmios de melhor drama, melhordireção e melhor roteiro. Ricky Gervais, astro de "Extras", da HBO, foi escolhidomelhor ator cômico. "Entourage", do mesmo canal, rendeu oprêmio de coadjuvante cômico a Jeremy Piven. "Betty, a Feia", versão da ABC para a telenovela colombianajá exibida no Brasil, ganhou dois Emmys, um para aprotagonista, America Ferrera, escolhida melhor atriz cômica, eoutro para o diretor Richard Shepard. Sally Field foi escolhida melhor atriz dramática ("Brothers& Sisters", da ABC), e Katherine Heigl foi a melhor coadjuvanteem drama ("Grey's Anatomy", também da ABC). A grade da CBS em horário nobre foi premiada com um Emmy, ode melhor "reality", para "The Amazing Race." A Fox, quetransmitiu a entrega, ficou de fora das premiações. (Por Bob Tourtellotte)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.