HBO exibe show inédito do The Who

O baixista John Entwistle está parecendo Willie Nelson, grisalho até as sobrancelhas. O guitarrista Pete Townshend veste camisa xadrez e paletozinho. O vocalista Roger Daltrey ocupa o centro do palco com um camisetão-batinha e medalhão no pescoço. Está em cena, no palco do Royal Albert Hall, a mitológica banda The Who, 37 anos depois de sua formação. O show inédito, gravado no fim do ano passado, foi em benefício de uma fundação para adolescentes com câncer e será exibido esta noite pela HBO, às 20h30. Não é algo para se perder.Primeiro, porque estará em cena um time de convidados de primeira, o que inclui Eddie Vedder (do Pearl Jam) e Noel Gallagher (do Oasis). Segundo, porque o The Who foi o paradigma da geração mod, a referência de uma época que se julgava eterna. O especial de TV, dirigido por Dick Carruthers, mostra que a eternidade envelheceu. Close na platéia e uma legião de barrigudinhos carecas está em pé, entoando o refrão de Pinball Wizard. Um sujeito se balança no meio do público com uma camiseta em que se lê "Hackett" (outra referência da guitarra dos anos 70).Paul Weller é o primeiro convidado a entrar no palco. Divide a cena num set acústico com Townshend, ambos empunhando violões. Depois vem Eddie Vedder, talvez o momento mais belo do show. Noel Gallagher é recebido com carinho. "Entre, garoto", parece dizer Daltrey com o olhar. O encontro deles é mais ou menos como uma partida de futebol com Leônidas e Edmundo.A banda é completada com Zak Starkey na bateria e um (dispensável e melancólico) teclado, pilotado por John Bundrick. Roger Daltrey está em forma, mas não canta mais como antes. Townshend continua sendo a alma da coisa. Ele conserva mais que o gesto do braço descrevendo parábolas em volta da guitarra. Conserva o fogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.