'Harry Potter' estréia no primeiro lugar em bilheteria

Quinto filme da série arrecada US$ 77,4 milhões

BOB TOURTELLOTTE, REUTERS

07 de julho de 2015 | 18h12

Harry Potter e a Ordem da Fênix atingiu rapidamente o topo da lista de bilheteria, com vendas de US$ 77,4 milhões no fim de semana e de pouco mais de US$ 140 milhões em cinco dias, segundo estimativas divulgadas pelo estúdio neste domingo.O quinto filme baseado no romance de J.K. Rowling sobre um menino feiticeiro britânico quebrou o recorde de estréia nos Estados Unidos e no Canadá na quarta-feira de uma semana sem feriado, ultrapassando a cifra em cinco dias de Shrek 2, de US$ 128,9 milhões, disse Dan Fellman, chefe de distribuição nacional da Warner Bros.A Ordem da Fênix vendeu mais ingressos nos primeiros cinco dias do que os três filmes iniciais da série e ficou atrás apenas do quarto filme,.O sétimo e último romance de Rowling, Harry Potter and the Deathly Hallows (Harry Potter e as Relíquias da Morte, no título provisório) deve estrear nas livrarias em 21 de julho e a Warner Bros. já está trabalhando nos filmes de número 6 e 7."É uma série impressionante", disse Fellman. "O livro sai dentro de uma semana e isso deve contribuir para preparar os últimos dois para mais um grande desempenho."No total, os primeiros quatro filmes tiveram arrecadação bruta de US$ 3,5 bilhões em todo o mundo.Enquanto isso, o campeão da semana passada, Transformers, arrecadou mais US$ ilhões nas bilheterias dos EUA e do Canadá, ficando em segundo lugar. 'Transformers' Transformers teve uma queda de 49 por cento em relação à semana passada, e o total está atualmente em US$ 223 milhões. Em apenas 10 dias, tornou-se o filme de maior arrecadação bruta da carreira do diretor Michael Bay, superando os US$ 201 milhões de Armageddon.O terceiro colocado foi Ratatouille, da Disney. O filme, sobre um rato que adora comida e deseja ser um chef em Paris, teve arrecadação de US$ 18 milhões no fim de semana, 38% a menos que a da semana anterior. O total acumulado é de US$ 143 milhõesO chefe de distribuição doméstica da Disney, Chuck Viane, disse que o filme parece no caminho para ultrapassar US$ 200 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
CULTURACINEMABILHETERIAATUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.