"Hamlet" não consegue lance mínimo em leilão

Uma rara segunda edição do Hamlet de William Shakespeare, avaliada em mais de US$ 1 milhão, não conseguiu nem o lance mínimo quando seria leiloada hoje em Nova York. Uma das 19 cópias da peça impressas em 1661 de que se conhece a existência e a única que continuava em mãos de particulares, a obra era a segunda edição da peça e a última impressa enquanto Shakespeare ainda estava vivo. A casa de leilão Christie?s tinha estimado o valor da obra entre US$ 1,5 e US$ 2 milhões, mas a oferta começou com um lance de US$ 900 mil e parou em US$ 1,2 milhão, valor abaixo do preço mínimo fixado pelo vendedor.

Agencia Estado,

14 de abril de 2004 | 17h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.