Há 40 anos, o fim do sonho

BEATLES

Efe, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2010 | 00h00

Há exatas quatro décadas, no dia 10 de abril de 1970, Paul McCartney (foto) oficializou a separação dos Beatles em um comunicado que anunciava que os integrantes da banda não voltariam mais a tocar juntos. Como diria John Lennon pouco tempo depois, o sonho do quarteto de Liverpool havia terminado. O grupo havia encerrado as atividades meses antes, após as gravações do disco Abbey Road. Em abril do mesmo ano, Paul lançou seu primeiro disco solo, McCartney. Na autobiografia lançada pelo baixista em 2000, ele declarou que "não deixou os Beatles, os Beatles que se deixaram". Ao lado de Elvis Presley e Michael Jackson, os Beatles continuam na lista dos artistas que mais faturam com seus produtos. /

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.