Há 11 anos, guitarrista foi para hospital

Birdstuff, o baterista do Man... or Astro-Man?, diz que a última passagem no Brasil, em 2001, foi "triste", e explica por quê. "Nosso guitarrista teve um piripaque e foi parar no hospital", conta. "Foi um momento triste, porque eu tava adorando São Paulo, a arquitetura modernista, o pique louco de uma metrópole imensa."

O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2012 | 03h10

Eles vão tocar aqui de covers de trilhas de cinema, como Goldfinger, aos temas que criaram para desenhos do Cartoon Network e Nickelodeon, como As Aventuras de Jimmy Neutron, Space Ghost e Coast to Coast.

Man... or Astro-Man? excursionou mais do que qualquer outra banda nos anos 1990 (1,5 mil shows em 31 países). Tocaram para 40 mil pessoas no Lowlands Festival da Holanda e para 2 pessoas num pocket show numa loja de discos na Austrália. Correram todos os Estados americanos, cerca de 436 mil milhas, numa van Chevy 20, e plagiaram um logotipo da Nasa para ganhar um processo por apropriação indébita (mas fracassaram).

Na verdade, seria mais adequado definir sua origem como adolescentes normais apaixonados por filmes B, que descobriram na coleção de discos de seus pais álbuns de Dick Dale, The Ventures e Link Wray. "Sou um colecionador de discos obsessivo, e São Paulo é o paraíso para gente como eu", diz Birdstuff. "Tenho discos de Jorge Ben, de velha bossa nova e de Chico Science. Vou aproveitar dois dias livres por aí e aumentar essa coleção." / J.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.