Gugu faz parceria com a Band

Gugu Liberato anda passeando muito pelos corredores da Band. Calma, o apresentador do SBT não está indo para a rede dos Saad. O interesse de Gugu na emissora são os negócios de sua produtora, a GGP. O apresentador fechou duas parcerias com a Band na última semana, negócio que estava sendo acertado há um ano.Uma das parcerias envolve as retransmissoras da TV Paulista, de Gugu, que passarão a transmitir a partir deste mês a programação do Canal 21. Com o acerto, o canal terá o seu sinal retransmitido para 16 regiões, entre eles: Aracaju (SE), Manaus (AM), Uberaba (MG), Maceió (AL), Porto Alegre (RS), Campo Grande (MS) e São Luis (MA).A outra parceria tem a ver com produção de conteúdo. Conforme o acordado, a GGP, produtora de Gugu, passará também a produzir atrações para o Canal 21 e para a Band.Desde 2001 a GGP vem tentando emplacar um programa na Band: algo como a Escolinha do Barulho, fruto da produtora que esteve no ar por dois anos na Record. Dessa vez, parece que vai dar certo."Desde então, eu não desisti de produzir em parceria com o Gugu, mas só agora conseguimos aliar nossa vontade à reestruturação da programação da Band", diz o diretor-geral de Programação da Band, Rogério Gallo.Gallo não abre detalhes sobre quais produtos sairão dessa parceira, mas sitcoms e um humorístico diário são alguns dos formatos que interessam à Band. Um dos "peixes" oferecidos pela produtora é um programa de humor que tem como cenário uma feira livre. Outra opção também seria um humorístico que poderia se passar em um hotel cheio de hóspedes malucos.Comediantes de carteirinha como o ator Marcos Plonka, que fazia o judeu Samuel Blaunstein na Escolinha, e Orival Pessini (Patropi) já foram convidados pela GGP para participar dos novos projetos. "Apesar de as gravações serem realizadas nos estúdios do Gugu, em Alphaville, coisa que faço questão para não sobrecarregar os da Band, toda a produção estará sob nossa supervisão", diz Gallo. "Não estamos comprando um produto pronto, fechado. Produziremos tudo juntos para que a atração tenha realmente a ver com a linha da Band", continua. "Creio que entre março e abril veremos um fruto dessa parceria já no ar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.