'Guerra ao Terror' conquista mais prêmios que 'Avatar'

O drama "Guerra ao Terror" e o grande sucesso de ficção científica "Avatar" travaram ontem uma dura competição durante a entrega dos prêmios do British Academy Film Awards, também conhecido como Bafta. Mas o filme sobre um esquadrão antibombas no Iraque levou a melhor, conquistando os prêmios de melhor filme, diretor, roteiro original, fotografia, montagem e som. Já "Avatar" foi escolhido na categoria design de produção e efeitos especiais.

AE-AP, Agencia Estado

22 Fevereiro 2010 | 14h31

"Avatar", "Guerra ao Terror" e "Educação" receberam indicações em oito categorias, dentre elas melhor filme. O diretor de "Avatar", James Cameron, e Kathryn Bigelow, que dirigiu "Guerra ao Terror" já foram casados. Os dois também vão competir na premiação do Oscar, em 7 de março, já que cada filme recebeu nove indicações para o prêmio da academia de cinema dos Estados Unidos.

O ator austríaco Christoph Waltz, também favorito ao Oscar, venceu na categoria melhor ator coadjuvante por sua interpretação de um coronel nazista em "Bastardos Inglórios". A atriz Mo''nique recebeu o Bafta de melhor atriz coadjuvante por "Preciosa". O diretor Duncan Jones, filho do cantor David Bowie, ficou com o prêmio de melhor diretor estreante por seu filme "Moon".

O título de melhor atriz ficou com Carey Mulligan ("Educação") e o de melhor ator foi para Colin Firth ("A Single Man"). O prêmio de melhor filme estrangeiro ficou com "A Prophet" e o de melhor animação ficou para Pete Docter, por "Up - Altas Aventuras". Na categoria roteiro adaptado, venceram Jason Reitman e Sheldon Turner por "Amor sem Escalas".

A cerimônia foi realizada da Ópera de Londres e contou com a presença do príncipe Willian, que foi anunciado como o novo presidente da Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas, que apresentam os premiados, papel já desempenhado pelo avô de Willian, o príncipe Philip. O Bafta também é considerado uma prévia do Oscar.

Mais conteúdo sobre:
Guerra ao Terror Avatar prêmios Bafta filme

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.