Grupo Tianastácia traz convidados para show em SP

São 12 anos de estrada, todos dedicados ao pop-rock. No começo, o que os mineiros do Tianastácia faziam soava descompromissado. A essência e a pegada permanecem, no entanto, alguma coisa mudou. O novo álbum, Orange 7, o sétimo do grupo, lançado de forma independente, dá mais espaço para o violão e as canções acústicas. Com mais de 40 mil cópias vendidas, o disco mostra maturidade dos músicos. ?Se alguma coisa aconteceu conosco, foi que artisticamente estamos mais maduros. Somos uma família e aprendemos a respeitar e a conhecer nossos colegas?, diz o vocalista Podé.O grupo se apresentará hoje, no Na Mata Café, no Itaim Bibi, em São Paulo. O show terá a participação especial dos roqueiros Tico Santa Cruz (Detonautas), Egípcio (Tihuana), Tubarão (Conexão Baixada) e Sideral. No repertório, eles prometem agradar aos fãs com as músicas Rama, Conto de Fraldas, Sanatório e, claro, Cabrobró. ?Todos pedem Cabrobró. É como os Rolling Stones não tocarem Satisfaction?, brinca. Prestes a lançar um novo disco, o público também poderá ouvir em primeira mão o single inédito Fica Aqui.Mas, com tantos anos de estrada, porque até hoje eles não estouraram? O próprio Podé responde. ?Todo artista sempre vislumbra um reconhecimento maior. O aconteceu foi que surgimos no momento em que a pirataria tomava conta do mercado?. Para o vocalista, outro fator determinante foi que o Tianastácia acabou pegando atrasado o bonde da internet e agora tenta recuperar o tempo perdido.?No passado, para se dar bem, você tinha que ter contrato com uma gravadora. Hoje, Fresno e NXZero, fenômenos de vendas, estão aí graças ao mundo virtual?, diz. E, apesar de reconhecer a importância das majors na carreira dos músicos, ele lamenta o atual fase do mercado fonográfico. ?Um artista nunca deve deixar seu trabalho na mão de alguém?, diz. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.Tianastácia e convidados (Tico Santa Cruz, Sideral, Egypcio e Tubarão). Lançamento do Festival Pop Rock Brasil, hoje, às 23h, no Na Mata Café (Rua da Mata, 70, Itaim Bibi). Tel: (011) 3079-0300. 18 anos. R$ 26 (mulher) e R$ 31.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.