Grupo Tapa revela autores inéditos em palcos do País

Sob direção de Eduardo Tolentino e com apoio do Programa Municipal de Fomento ao Teatro, o Grupo Tapa realiza, a partir desta segunda, um ciclo de leituras dramatizadas no Espaço Parlapatões. O diretor escolheu quatro peças com importantes características comuns: todas são de autores contemporâneos e inéditos, não tiveram nenhuma de seus textos encenados em palcos brasileiros.Com Recordar É Viver um brasileiro abre o ciclo, Hélio Susseking. Tolentino será o responsável pela direção da leitura que terá um elenco de peso: Sérgio Britto, Sueli Franco, Brian Penido Ross, Clara Carvalho, Zé Augusto Zachi e Marina Balarin. O autor, que mora no Rio, virá a São Paulo para se unir ao elenco e ao diretor no debate que vai se realizar ao fim da dramatização, com mediação de Maria Silvia Betti. ´Escrita em 2002, a trama gira em torno de uma família de classe média, mas nada tem a ver com comédia de costumes´, garante Tolentino. ´Pelo contrário, é uma família terrível´, antecipa.Na próxima segunda será a vez de Conversas com Tia Dan do norte-americano Wallace Shawn. ´O tema dessa peça é a Guerra do Vietnã, mas tudo o que ocorre é aplicável ao governo Bush´, afirma o diretor do Tapa. ´O texto trata mesmo do fundamentalismo americano.´Depois vem Afogamento Imaginário do autor inglês Terry Jonshon, com direção de André Garolli. ´É estranhíssima, difícil até de falar sobre ela´, comenta Tolentino. A física quântica está na base da trama que explora disfunções do tempo que possibilitam o cruzamento de mundos paralelos. ´Mas a abordagem não é científica, se dá no campo psicológico.´Encerra o ciclo A Quarta Irmã do polonês polonês Janusz Glowacki, para a qual Tolentino não poupa elogios, e não será a primeira leitura pública que faz dela. Chekhov é o autor citado - As Três Irmãs - nessa peça que é ambientada na periferia do globalização. ´É uma peça que eu considero muito interessante, sobretudo num país como o nosso, também na periferia do poder.Programação Segunda: Recordar É Viver autor: Hélio Susseking diretor: Eduardo Tolentino Dia 12: Conversas com Tia Dan autor: Wallace Shawn diretor: Eduardo Tolentino Dia 26: Afogamento Imaginário autor: Terry Jonshon diretor: André Garolli Dia 5: A Quarta Irmã autor: Janusz Glowacki diretor: Eduardo Tolentino Sempre às 20 horas. Entrada grátis Praça Franklin Roosevelt, 158 Telefone: 3258-4449 Capacidade: 98 pessoas Acesso para deficientes

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.