Grupo Taanteatro festeja 15 anos com mostra

"Máquina Zaratustra" estréia na sexta-feira no Teatro João Caetano e marca o início da mostra dos 15 anos da Cia. Taanteatro. "Este espetáculo, de certa forma, resume a pesquisa que começou em 1999, com a coreografia ´Matéria Estado de Potência´", explica o produtor e diretor Wolfgang Pannek. "Fizemos 15 trabalhos diferentes com base na filosofia de Nietzsche e este trabalho encerra este ciclo."O espetáculo é uma livre adaptação do texto de Nietzsche "Assim Falou Zaratustra". "Trabalhamos com a desconstrução, cada intérprete traz o seu material pessoal. Nosso processo é dinâmico, partimos das idéias das pessoas para a criação do espetáculo", observa a diretora e criadora Maura Baiocchi. Muitas linguagens estão presentes, de teatro, dança, palavra e música ao vivo. "Não temos uma linguagem definida, não é butô ou apenas teatro, talvez um teatro dançado ou uma dança teatro. Não queremos apenas interpretação ou representação, o importante é vivenciar algo novo no momento da cena, que aquele seja um momento único e sempre atual, não repetição," diz. Para assinar o cenário e figurino da peça, o grupo convidou a artista plástica Nourit Masson-Sékiné.Nourit também é fotógrafa, escritora e pesquisadora de butô. Aproveitando a passagem pelo Brasil, a francesa participará de debates e exibição de vídeos dentro da programação Expedição Butoh na Fundação Japão. Seus desenhos e pinturas serão expostos na Associação Brasileira A Hebraica, na mostra "O Céu Está por Toda Parte II".Nas comemorações dos 15 anos da Taanteatro, duas peças do repertório da companhia serão apresentadas, a comédia "!Arará! Histórias Que os Ossos Cantam" e o infantil "Feifei e a Origem do Amor". Mostra Taanteatro 15 Anos. Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, 5573-3774. 6.ª a dom., 20 h. R$ 10. Até 29/10

Agencia Estado,

10 de agosto de 2006 | 11h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.